2 de Julho de 2011 / às 18:45 / em 6 anos

Kvitova vence Sharapova e é campeã em Wimbledon

Londres (Reuters) - A tenista tcheca de 21 anos Petra Kvitova venceu pela primeira vez uma final de Wimbledon, contra a favorita russa Maria Sharapova em uma performance marcada pela confiança e força. Ela conseguiu uma vitória convincente por 6-3 e 6-4 neste sábado.

Kvitova, que nunca havia vencido uma partida na grama antes de chegar às semi-finais no ano passado, deu fortes saques e manteve uma sequência de golpes poderosos. Ela se tornou a terceira canhota a conquistar o título feminino, depois de Anne Jones e Martina Navratilova.

A tenista tcheca, que fez sua primeira aparição em uma final de grand slam, manteve o controle de suas emoções e do jogo durante todo o tempo, e mereceu se tornar a primeira tcheca a triunfar no torneio desde Jana Novotna em 1988.

Sharapova, que venceu o título aos 17 anos em 2004, chegou à final sem perder um set, mas sacou de maneira irregular e não pôde reagir.

“Estou tão feliz,” afirmou a campeã em lágrimas, durante uma entrevista na quadra antes de enviar um beijo às conterrâneas Novotna e Navratilona, que a assistiam do camarote.

“Estava nervosa, mas eu tive que manter o foco em cada ponto.”

A tcheca parecia nervosa quando teve seu saque quebrado no início da partida, mas reagiu imediatamente para empatar em 1-1.

Ela continuou o esforço durante o set, sacando e reagindo melhor que a antiga número um do mundo, que cometeu consecutivas falhas duplas, perdendo o saque e escorregando para um 4-2.

Kvitova, atacando com vários cortes de backhand que causaram problemas para Sharapova, sacou com paixão.

Em sua semi-final contra Victoria Azarenka, Kvitova fez um bom primeiro set, mas permitiu que a bielorussa ganhasse o segundo, e assim a plateia da quadra central precisou esperar apreensivamente para ver como ela lidaria com a pressão de liderar a final.

Mas os espectadores não precisaram esperar até que ela quebrasse o saque de Sharapova no game de abertura. Ela aproveitou o break point depois de uma falta dupla da russa para avançar.

Uma quebra de saque colocou Kvitova no limite, quando ela sacou em 3-2, mas errou golpes simples duas vezes, permitindo que Sharapova voltasse a partida.

No entanto, a esperança não vingou para a campeã de 2004 que disputou sua primeira final desde o Australian Open de 2008, depois de ficar longe das quadras por longos períodos, com problemas no ombro.

Kvitova, mostrando um marcante controle sobre o jogo, quebrou o saque imediatamente e encerrou a partida com estilo, segurando o saque e chegando à vitória com o seu primeiro ace na final.

Sharapova, que graças a patrocínios se tornou a atleta feminina mais bem paga do mundo, disse: “Estou muito feliz por estar de volta aqui com o troféu de segundo lugar, mas eu queria ‘o grande’ e voltarei esperando conquistá-lo novamente um dia.”

Por Mitch Phillips

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below