Williams voltará a usar motores Renault

segunda-feira, 4 de julho de 2011 12:18 BRT
 

Por Alan Baldwin

GROVE, Inglaterra (Reuters) - A Williams reviveu lembranças de seus anos de glória nesta segunda-feira ao anunciar que em 2012 voltará a usar motores Renault, repetindo a parceria que levou à escuderia a uma série de títulos nos anos 1990.

A equipe, que atualmente corre com motores Cosworth e também tem uma ligação com a Jaguar fora da Fórmula 1, disse em comunicado que fechou um contrato de longa duração para fornecimento de chassis e motores com a montadora francesa.

O acordo, que dará à Williams os mesmos motores da atual campeã Red Bull em 2012, vai até 2013, com possibilidade de renovação após a introdução dos novos motores turbo V6 em 2014.

"Nosso relacionamento anterior com a Renault foi um dos maiores sucessos na história da Williams, mas nós não iremos ficar no passado", disse o chefe da equipe, Frank Williams. "Devemos olhar para o futuro e continuar a reconstruir nossa reputação na pista, o que eu espero que o anúncio de hoje nos ajude a conseguir."

A Renault atualmente fornece motores para três equipes -- Red Bull, Lotus-Renault e Team Lotus.

Juntas, Williams e Renault ganharam 63 corridas entre 1989 e 1997 e conquistaram quatro títulos mundiais de pilotos e cinco de construtores.

Os britânicos Nigel Mansell e Damon Hill, ambos presentes ao anúncio desta segunda na fábrica da equipe, conquistaram os títulos de 1992 e 1996, enquanto o canadense Jaques Villeneuve, que também compareceu ao anúncio, foi o campeão de 1997. O francês Alain Prost levou o título de 1993.