Escolha olímpica deve ser exemplo para a Fifa, diz Beckenbauer

terça-feira, 5 de julho de 2011 17:35 BRT
 

Por Karolos Grohmann

DURBAN, África do Sul (Reuters) - A fórmula adotada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para escolher as cidades-sede de Olimpíadas deveria servir de exemplo para a Fifa na eleição das sedes das Copas do Mundo, disse nesta terça-feira o ex-jogador e treinador alemão Franz Beckenbauer.

Beckenbauer disse que a proposta da Fifa de permitir a participação de todos ao países membros na votação, e não só dos cerca de 20 integrantes do comitê executivo, dará mais transparência ao processo de escolha dos países que recebem os Mundiais.

"O COI deu a ideia à Fifa", disse Beckenbauer, que foi a Durban promover a candidatura de Munique para os Jogos Olímpicos de Inverno em 2018. "Por que não experimentar de outro jeito?".

A Fifa e seu presidente, Joseph Blatter, vêm sofrendo críticas nos últimos meses, especialmente desde a escolha do Catar para sediar a Copa de 2022, em meio a denúncias de corrupção entre os membros do comitê executivo. O Catar nega qualquer irregularidade.

"Acho que a Fifa e o futebol em geral estão em má situação", disse Beckenbauer. "Todos esses rumores prejudicam o futebol. Há especulação, mas não há provas", acrescentou Beckenbauer, que já foi membro do comitê executivo da Fifa e comandou a bem sucedida candidatura alemã para sediar a Copa de 2006.