África do Sul diz que porta está aberta para proposta olímpica

quarta-feira, 6 de julho de 2011 12:30 BRT
 

Por Jason Humphries

DURBAN (Reuters) - "Todas as portas ainda estão abertas" para uma possível candidatura da África do Sul para receber os Jogos Olímpicos de 2020, disse o ministro do Esporte do país, Fikile Mbalula, nesta quarta-feira.

Após organizar com sucesso a Copa do Mundo de futebol de 2010, houve uma grande expectativa na África do Sul pela possibilidade de concorrer aos Jogos de 2020. No entanto, o governo sul-africano descartou a ideia em maio ao anunciar que não apoiaria uma candidatura olímpica, preferindo se concentrar em "entregar serviços básicos a todos os sul-africanos".

Mas o ministro do Esporte disse que o crescente apoio, tanto dentro do país como internacionalmente, significa que a África do Sul ainda pode considerar concorrer aos Jogos Olímpicos de 2020 ou 2024.

"Não estamos fechando nenhuma porta, todas as portas estão abertas", disse Mbalula a repórteres em Durban, onde o Comitê Olímpico Internacional está reunido para sua 123a sessão, que vai culminar com o anúncio da cidade-sede da Olimpíada de Inverno de 2018.

"As possibilidades existem, e do Ministério do Esporte ao Ministério da Fraternidade na África do Sul, nós sempre dissemos que temos muita disposição para reabrir as conversas sobre esse tema, destacando que essa é uma decisão do governo", disse.

Mbalula disse que a decisão inicial do governo sul-africano de não apoiar uma candidatura olímpica era "convincente e bem considerada", mas que não era necessariamente "estática".

Roma é a única cidade que já anunciou formalmente sua intenção de concorrer aos Jogos de 2020. As cidades interessadas têm até setembro para enviar suas pré- candidaturas para os Jogos de 2020 e 2024.

Londres será a sede da Olimpíada de 2012, e o Rio de Janeiro receberá em 2016 a primeira edição dos Jogos Olímpicos na América do Sul, o que deixará a África como único continente sem jamais ter organizado as Olimpíadas.