Norte-coreanas são pegas no antidoping na Copa do Mundo feminina

quinta-feira, 7 de julho de 2011 12:08 BRT
 

BERLIM (Reuters) - Duas jogadoras norte-coreanas foram suspensas provisoriamente depois de serem reprovadas em exames antidoping realizados na Copa do Mundo de futebol feminino, informou a Fifa nesta quinta-feira.

A Fifa identificou as jogadoras como Jong Sun Song e Sim Pok Jong e disse que a suspensão entrou em vigor antes da partida da quarta-feira contra a Colômbia.

A Fifa disse que recebeu os resultados dos exames, feitos após as partidas anteriores da equipe, na manhã da quarta-feira.

A entidade acrescentou que, sob as normas antidoping, a seleção norte-coreana inteira foi sujeita a um exame de doping após a partida da quarta-feira, que terminou 0 x 0.

"O exame da seleção norte-coreana inteira foi coordenado com a Wada (a agência antidoping mundial)", disse a Fifa em comunicado.

Na terça-feira, a Fifa anunciou que a goleira colombiana Yineth Varon tinha sido suspensa porque foi reprovada em um exame de doping feito fora da competição, em 25 de junho, em Leverkusen.

Colômbia e Coreia do Norte não conseguiram fazer um gol sequer e foram eliminadas na primeira rodada do Mundial.

A Fifa disse que nem a Coreia do Norte nem as jogadoras tinham pedido a análise das amostras "B" de seus exames, mas que ela seria feita de qualquer maneira.

Alemanha, Japão, Suécia, Austrália, Brasil, Estados Unidos, Inglaterra e França se classificaram para as quartas de final da Copa do Mundo de futebol feminino, realizada na Alemanha.

(Por Brian Homewood)