Schumacher, 42, diz que continua a correr no ano que vem

quinta-feira, 7 de julho de 2011 20:16 BRT
 

SILVERSTONE, Grã-Bretanha (Reuters) - O heptacampeão mundial Michael Schumacher disse na quinta-feira que vai continuar na Fórmula 1 no ano que vem, apesar de estar atualmente sendo ofuscado por outro alemão, Sebastian Vettel, de 24 anos.

"Sempre tive a opção de parar no momento que eu quisesse", disse Schumacher, de 42 anos, a jornalistas na Grã-Bretanha. "Estou aqui com uma meta fixa, um programa de três anos, e é assim que é."

Schumacher está em sua segunda temporada na Mercedes depois de passar três anos aposentado - ele havia deixado a Ferrari em 2006. Desde que voltou à categoria, ele ainda não subiu ao pódio, e viu Vettel ganhar o Mundial do ano passado e vencer seis das primeiras oito provas de 2011.

O domínio de Vettel na categoria motiva comparações óbvias com o Schumacher de 2004, que obteve um recorde de 13 vitórias numa só temporada.

"Recordes estão aí para serem quebrados por alguém, e Sebastian está a caminho", observou Schumacher. "Eu me sinto bem a respeito disso", acrescentou ele, referindo-se à boa fase do compatriota que no começo da carreira era apelidado de "Baby-Schumi".

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
O alemão Michael Schumacher, da Mercedes, observa pista para o GP da Inglaterra. 07/07/2011 REUTERS/Leonhard Foeger