Jogadores mexicanos não serão punidos por doping

sexta-feira, 8 de julho de 2011 18:51 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A Federação Mexicana de Futebol (Femexfut) deixou sem punição cinco jogadores da seleção que apresentaram teste antidoping positivo para clembuterol porque eles ingeriram a substância proibida ao comer carne contaminada.

Em 9 de junho, o goleiro Guillermo Ochoa, os defensores Francisco Javier Rodríguez e Edgar Dueñas e os meias Antonio Naelson "Sinha" e Christian Bermúdez ficaram de fora da Copa Ouro da Concacaf, vencida pelo México, devido ao exame de doping realizado dias antes.

"Depois de analisar as provas e documentos e após investigação correspondente, é informado que o resultado analítico adverso deveu-se à contaminação alimentar", disse na sexta-feira o presidente da Comissão Disciplinar da Femexfut, Alfonso Sabater.

Outros dirigentes da Femexfut afirmaram que a federação mudará o fornecedor de carne para evitar outros casos deste tipo.

(Reportagem de Carlos Pacheco)