Alonso vence Grande Prêmio da Inglaterra pela Ferrari

domingo, 10 de julho de 2011 12:53 BRT
 

SILVERSTONE (Reuters) - O espanhol Fernando Alonso venceu o Grande Prêmio da Inglaterra neste domingo para conseguir a sua primeira vitória na temporada no 60 aniversários do seu primeiro sucesso na Fórmula 1.

A vitória caiu como um presente dado pela Red Bull depois que o campeão mundial Sebastian Vettel perdeu tempo com problemas com o macaco no seu segundo pitstop. Foi a vitória de número 27 na carreira de Alonso e o colocou na mesma posição do grande Jackie Stewart como o quinto maior vencedor de todos os tempos.

O australiano Mark Webber, que largou na pole position, terminou em terceiro pela Red Bull depois de tentar ultrapassar o seu companheiro de equipe na penúltima volta e ter sido ordenado pela equipe para manter a sua posição.

"Eu dei duas voltas com o carro histórico (de 1951) antes do desfile", disse Alonso sobre a histórica Ferrari do argentino Jose Froilan Gonzalez. "Agora, 60 anos depois no mesmo circuito, com a mesma atmosfera e a mesma paixão, vencer novamente. Estou muito feliz, tornou o dia muito especial."

Vettel tinha esperanças de conquistar a sétima vitória em nove corridas e aumentar ainda mais a sua liderança sobre Webber, vencedor do ano passado em Silverstone.

Lewis Hamilton, da McLaren, agradou a torcida ao sair da décima colocação e terminar em quarto, fazendo uma batalha feroz contra o brasileiro Felipe Massa da Ferrari - que foi forçado para fora - na curva final.

Alonso assumiu a liderança na volta 28 de 52 quando parou nos boxes logo atrás de Vettel, que tinha assumido a primeira posição. Conforme o alemão sofria na troca de pneus, o espanhol aproveitou e tomou a posição. "É difícil dizer quanto perdemos, mas ficamos sem a liderança. Até aquele momento, estava tudo tranquilo para nós," disse

Vettel, que perdeu apenas 21 pontos de possíveis 225, sobre o problema no pitstop. "Temos que aceitar que a Ferrari nos venceu hoje. Mostra que temos que continuar trabalhando forte."

O chefe da Red Bull Christian Horner reconheceu depois que "obviamente Mark não concordou" com a ordem de não ultrapassar Vettel.

A má fase de Jenson Button, da McLaren, em casa continua com o piloto de 31 anos que ficando de fora da corrida com 12 voltas para o final. Com problemas de fixação do pneu, ele teve que estacionar na linha dos boxes e andou de volta para as garagens sem falar com os repórteres.

O britânico nunca ficou no pódio em Silverstone em 12 tentativas.

 
O espanhol Fernando Alonso comemora vitória do Grande Prêmio da Inglaterra em Silverstone, Grã-Bretanha. 10/07/2011 REUTERS/Nigel Roddis