Andre Agassi entra para o Hall da Fama do Tênis

domingo, 10 de julho de 2011 12:57 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Andre Agassi foi incluído no Hall da Fama Internacional do Tênis após quase cinco anos depois que se aposentou da modalidade.

Antigo número 1 do mundo que venceu oito títulos de Grand Slam em partidas individuais, Agassi foi laureado em cerimônia realizada em Newport, Rhode Island, nos Estados Unidos, junto a Fern Lee 'Peachy' Kellmeyer, um pioneiro na administração do tênis para mulheres.

As conquistas de Agassi na quadra garantem que ele seja lembrado como um dos maiores que o esporte já produziu, mas ele manchou o seu legado com a confissão em autobiografia de que ele usou drogas e que mentiu para escapar de um teste antidoping.

Agora com 41 anos, o norte-americano estava reflexivo na cerimônia, admitindo que cometeu erros, mas que estava grato ao esporte que deu tudo a ele.

"Eu me apaixonei pelo tênis muito tarde em minha vida. Mas só tenho tudo o que é importante para mim porque o tênis me amou também", disse.

"Se temos sorte na vida, conseguimos alguns poucos momentos em que não temos que nos questionar se demos orgulho para os nossos pais. Eu quero agradecer ao tênis por ter me dado esses momentos."

Agassi venceu o seu primeiro Grand Slam em Wimbledon em 1992 e o seu último na Austrália em 2003.

Ele venceu o Aberto da Austrália por quatro vezes, o Aberto dos Estados Unidos duas vezes, uma em Wimbledon e outra o Aberto da França. Ele é um dos sete homens do mundo a ter conseguido conquistar na sua carreira toda a série de Grand Slams. Ele também conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Atlanta em 1996.

Em uma carreira longa em que a sua posição no ranking e a sua forma variavam muito, Agassi venceu mais de 60 títulos da ATP, incluindo 17 Masters, e foi número 1 do mundo por seis vezes entre 1995 e 2003 em um total de 101 semanas.

Em 2001, ele casou com a também tenista do Hall da Fama, a alemã Steffi Graf. O casal tem duas filhas e vive em Las Vegas.

(Reportagem de Julian Linden)

 
Andre Agassi recebe aplausos após ser incluído no Hall da Fama Internacional do Tênis em Rhode Island, Estados Unidos, 9 de julho de 2011. 09/07/2011  REUTERS/Brian Snyder