11 de Julho de 2011 / às 13:52 / 6 anos atrás

Williams quer manter Barrichello em 2012

Rubens Barrichello participa de treino no GP da Malásia em abril. A equipe Williams espera manter o brasileiro para a próxima temporada de F1.Bazuki Muhammad

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O brasileiro Rubens Barrichello e o venezuelano Pastor Maldonado devem continuar como pilotos da equipe Williams na próxima temporada, segundo o presidente da equipe, Adam Parr.

"Sim. Acho que esse é o resultado amplamente mais provável", disse ele a jornalistas no domingo, durante o GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1.

Barrichello terá 40 anos e fará sua vigésima temporada em 2012. Já Maldonado estreou neste ano, após ser campeão da GP2.

O venezuelano traz consigo o polpudo patrocínio da estatal petrolífera PDVSA, mas Parr disse que Maldonado demonstrou ter talento.

"Sempre acreditei, e as pessoas zombaram de nós ou de mim por dizer isso, mas acho que ele é um piloto talentosíssimo", afirmou o britânico, acrescentando que Maldonado "começou a mostrar um grau de consistência e maturidade que as pessoas talvez não esperassem".

Em dez corridas, o venezuelano ainda não pontuou, enquanto Barrichello amealhou apenas quatro pontos, no pior início de temporada da história da Williams. Mas há alguns lampejos de esperança.

Nos últimos seis meses, a equipe ex-campeã trouxe novos técnicos, obteve mais verbas e fechou parcerias com a Renault, para fornecer motores na F1, e com a Jaguar, para um projeto de carro esportivo.

O presidente da Williams é um novato em comparação a outros dirigentes, especialmente Bernie Ecclestone, de 80 anos, com quem ele nem sempre teve uma boa relação.

"Sempre que batemos papo é muito amigável e ele gentilmente me coloca na minha caixa, me lembra como eu entendo pouco das coisas, e aceito isso", afirmou. "Mas isso não vai me impedir de fazer perguntas."

Parr elogiou Ecclestone por tudo o que fez pela F1, mas disse que há áreas que poderiam ser mais exploradas. Citou então o exemplo de Barrichelllo, que tem mais de 1 milhão de seguidores no Twitter.

"A mídia social, a Internet e até a TV paga - como tudo isso cresceu na última década, e como deve alterar o cenário. Não só na forma como você se comunica e como se distribui junto às pessoas, mas também economicamente, sempre que possível."

"Para a Renault, o Brasil é um mercado-chave. Então, quando o Rubens tuita que 'voltamos com a Renault, essa é uma notícia fantástica' - bang! Um milhão de pessoas que optaram por segui-lo recebem uma propaganda da Renault que não tem motivação comercial, (tem a ver com o que) geralmente ele sente a respeito da empresa e da marca. Como quantificar o valor disso? Quantos anúncios de TV de um Clio isso vale?."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below