Nível de segurança para Londres-2012 não diminuirá, diz ministro

terça-feira, 12 de julho de 2011 16:06 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O nível de ameaças terroristas para os Jogos Olímpicos de Londres em 2012 se mantém sem mudanças, apesar de a Grã-Bretanha ter reduzido o alerta do país de severo para substancial, disse na terça-feira o ministro de Esporte e da Olimpíada, Hugh Robertson.

"Toda nosso planejamento de segurança está feito assumindo que o nível de ameaça será severo, e isso não vai mudar", afirmou ele a jornalistas em uma apresentação da Associação Olímpica Britânica (BOA, na sigla em inglês).

"Claramente é bom para nós, estou contente que o nível de ameaça seja menor que isso, mas seguimos adiante... é um antigo costume militar, planejar para o pior cenário possível", completou.

Robertson disse que não foi identificada nenhuma ameaça particular aos Jogos de Londres.

A ministra do Interior, Theresa May, declarou na segunda-feira que o nível de ameaça de terrorismo internacional havia diminuído para o terceiro mais alto.

É provável que os Jogos Olímpicos, que começam em julho do próximo ano, sejam a maior operação de segurança da Grã-Bretanha em tempos de paz. A competição coincide com o 40o aniversário dos Jogos de Munique-1972, em que 11 integrantes da equipe israelense morreram após serem feitos reféns por homens armados palestinos.

O governo reservou 600 milhões de libras (960 milhões de dólares) para o policiamento na Olimpíada, mas espera reduzir o orçamento para cerca de 500 milhões de libras.

(Reportagem de Alan Baldwin)