Madri anuncia candidatura austera para sediar Olimpíada de 2020

quarta-feira, 13 de julho de 2011 13:45 BRT
 

MADRI (Reuters) - Madri quer apresentar sua candidatura a sede dos Jogos Olímpicos de 2020, desta vez com uma proposta marcada pela austeridade devido à crise econômica vivida na Espanha, anunciou na quarta-feira o prefeito da cidade, Alberto Ruiz-Gallardón.

Se for confirmada, será a terceira tentativa consecutiva da principal cidade da Espanha de ser sede de uma Olimpíada.

"Madri já tem pronta uma porcentagem muito alta da infraestrutura necessária à organização dos Jogos. A cidade conta com a experiência das duas candidaturas anteriores e tem o reconhecimento da família olímpica", disse o prefeito, que nas eleições de maio conquistou seu terceiro mandato à frente da prefeitura de Madri.

"O trabalho já realizado permite que o custo da candidatura para 2020 seja significativamente menor, seguindo critérios de austeridade e eficiência, com retorno máximo de imagem para Madri e a Espanha", acrescentou.

O anúncio acontece no momento em que a Espanha luta contra a crise econômica que deixou um em cada cinco trabalhadores sem emprego, e o governo socialista está tentando reduzir um déficit público que em 2010 chegou a quase 10 por cento do PIB.

A capital espanhola nunca organizou uma Olimpíada, e na candidatura para os Jogos de 2012 ficou em terceiro lugar, atrás de Paris e Londres, que acabou sendo escolhida. Madri também perdeu para o Rio de Janeiro na votação para a sede das Olimpíadas de 2016.

(Por Iain Rogers)