Norueguês frustra 1a vitória francesa e conquista Tour de France

sábado, 16 de julho de 2011 13:41 BRT
 

LOURDES, FRANÇA (Reuters) - O norueguês Thor Hushovd, campeão mundial de ciclismo, acabou com as chances da primeira vitória francesa na edição deste ano do Tour de France. Ele foi mais esperto e mais rápido que dois ciclistas locais e venceu a 13a etapa, em Pau, na sexta-feira.

Porém, os fãs franceses se consolaram com Thomas Voeckler, que manteve a liderança geral.

Hushovd tem vencido etapas no Tour de France quase todos os anos desde que conquistou sua primeira etapa no torneio, em 2002. Dessa vez, o ciclista norueguês, que já ganhou duas vezes a camisa verde (prêmio entregue ao ciclista com mais pontos na classificação individual da etapas), não se preocupou em agradar os franceses ao deixar para trás David Moncoutie e Jeremy Roy, os ciclistas da casa que tinham liderado a maior parte do dia, mas foram ultrapassados 2,5 km antes da chegada.

"Essa é a minha melhor vitória no Tour de France porque precisei escalar o Aubisque, que não combina comigo, e terminei sozinho com a camisa arco-íris nas costas", disse Hushovd, que liderou o Tour durante sete dias depois que seu time, o Garmin-Cervelo, venceu o segundo dia de treinos de cronômetro de times.

"Desde que perdi a camisa amarela, estive muito cansado porque dei meu máximo na primeira semana. Mas eu tinha minhas pernas de volta hoje e fui atrás (da vitória)."

Hushovd, Roy e Moncoutie iniciaram a etapa em uma arrancada com um grupo de 10 ciclistas durante a principal tarefa do dia, a passagem clássica pela montanha de Aubisque, e depois batalharam entre si durante a longa descida até a linha de chegada.

Roy se distanciou depois de 50 km e novamente na metade da subida de Aubisque, com Hushovd e Moncoutie na sua cola.

O final foi um acirrado jogo de gato e rato entre o jovem francês e os dois caçadores, mas não houve mais suspende depois que Hushovd tomou a liderança.

(por Julien Pretot)

 
O norueguês Thor Hushovd, do Garmin-Cervelo comemora 
a vitória na 13a etapa do Tour de France 2011, de Pau a Lourdes. 15/07/2011 REUTERS/Denis Balibouse