16 de Julho de 2011 / às 17:13 / 6 anos atrás

Japão confirma candidatura de Tóquio para as Olimpíadas de 2020

MUMBAI (Reuters) - O Comitê Olímpico Japonês formalizou no sábado a candidatura de Tóquio na corrida para hospedar a Olimpíada de 2020. O comitê afirmou que a iniciativa vai ajudar na recuperação do país depois do terremoto seguido de um tsunami que devastou a costa do nordeste japonês em março.

As ambições de Toquio 2020 sofreram um golpe quase mortal em 11 de março por causa do desastre natural, que também provocou uma hecatombe nuclear em uma usina a 240 km ao norte da capital.

"Quero aproveitar essa oportunidade para anunciar oficialmente que vamos nos candidatar para receber os Jogos Olímpicos de 2020," afirmou o presidente do comitê, Tsunekazu Takeda, durante um simpósio que comemorou o centenário do órgão.

"Ontem recebemos uma carta formal de intenção do governador Ishihara, que foi aceita oficialmente em nossa reunião de cúpula na manhã de hoje," afirmou Takeda.

Tóquio, primeira cidade asiática a hospedar uma Olimpíada, em 1964, perdeu a disputa contra o Rio de Janeiro para organizar os Jogos de 2016, e era cogitada para se candidatar ao evento de 2020.

"Na última vez em que hospedados a Olimpíada, fomos capazes de mostrar ao mundo o quanto tínhamos nos recuperado de um desastre~, disse Takeda, referindo-se à recuperação do país após a segunda Guerra Mundial.

"Queremos fazer desse evento um símbolo parecido de recuperação dos maiores desastres que já sofremos. Vamos nos dedicar à causa de trazer a Olimpíada de volta a Tóquio."

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, que estava presente no anúncio, desejou boa sorte ao Japão. "Obrigada por este dia maravilhoso. Hoje, recebemos notícias excelentes sobre os planos de candidatura dos Jogos de 2020," disse.

"O COI está extremamente feliz de receber essa candidatura e desde boa sorte a Tóquio," afirmou. "O comitê japonês, o COI e o Conselho Olímpico da Ásia uniram forças para trazer esse poder de cura do esporte a quem está reconstruindo sua vida."

Para Ishihara, governador de Tóquio, é crucial que a cidade vença a disputa para poder ajudar o Japão a se reconstruir.

"Conversei com os governadores das três áreas mais atingidas pelo terremoto, e eles insistiram que disputássemos," disse Ishihara. "Isso vai acontecer daqui a nove anos, mas se o país não se reconstruir até lá, o Japão vai simplesmente afundar. Temos que reconstruir o Japão e fazer dele um país ainda melhor, e eu acho que a Olimpíada pode ter um papel nisso."

Ishihara afirmou que o comitê deve sujar as mãos de sangue se for preciso para conseguir a indicação.

"As pessoas estão dizendo isso ou aquilo sobre o impacto da Coreia , mas você deve sair e fazer," disse ele, referindo-se à vitória de Pyeongchang como sede dos Jogos de Inverno de 2018, na semana passada.

"Agora as máquinas já estão funcionando, mas o comitê japonês precisa ir até o fim. Não há espaço para choramingar. Enquanto estivermos disputando, temos que vencer. Nem que isso signifique sangue nas nossas mãos. Aprendi muito na última experiência e as coisas não são só o que vemos na superfície."

Roma e Madri já anunciaram seus planos de se candidatar para 2020, enquanto Istambul e Doha também estariam considerando entrar na disputa. O vencedor será anunciado em Buenos Aires, em setembro de 2013.

Por Sudipto Ganguly

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below