Negociação emperra e Corinthians desistirá de Tevez, diz fonte

terça-feira, 19 de julho de 2011 16:24 BRT
 

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO (Reuters) - O Corinthians vê como muito difícil a contratação do atacante Carlos Tevez depois que o Manchester City pediu um prazo de pagamento menor e a primeira parcela dos 40 milhões de euros no ato, disse uma fonte ligada ao clube nesta terça-feira.

Segundo essa fonte, o Corinthians deve anunciar oficialmente na quarta-feira a desistência da negociação.

A equipe brasileira fez uma proposta de 40 milhões de euros (cerca de 88 milhões de reais) pelo jogador argentino e ofereceu fazer o pagamento em quatro parcelas anuais, a primeira no começo de 2012, o que o foi rejeitado pelos ingleses. O City quer a primeira parcela agora e o saldo restante no período de dois anos.

"Eles querem o dinheiro à vista e o Corinthians não vai fazer uma loucura financeira", afirmou a fonte familiarizada com as negociações.

A ideia do Corinthians era pagar os ingleses com o dinheiro recebido anualmente pelos direitos de televisão, cerca de 100 milhões de reais por ano. Como o Manchester City insistiu em receber a primeira parcela já, a negociação ficou inviabilizada.

O Manchester City ainda fazia questão de que Tevez abrisse mão de uma quantia pendente com o clube inglês, segundo o Corinthians.

O tempo para finalizar o acordo também prejudicou a negociação, porque a janela de transferências para jogadores do exterior atuarem no Campeonato Brasileiro fecha na quarta-feira.

Tevez, que foi campeão brasileiro pelo Corinthians em 2005, já deixou claro que pretende deixar a equipe inglesa e retornar ao futebol sul-americano para ficar mais perto de sua família. Ele chegou a enviar um comunicando à imprensa britânica dizendo que gostaria de deixar o time inglês por razões pessoais.   Continuação...

 
O argentino Carlos Tevez durante o jogo contra o Uruguai, nas quartas de final da Copa América, em Santa Fé. 
O Corinthians, que fez uma proposta de 40 milhões de euros (cerca de 88 milhões de reais) pelo jogador argentino e ofereceu fazer o pagamento em quatro parcelas anuais, a primeira no começo de 2012, deve anunciar oficialmente na quarta-feira a desistência da negociação. Isso porque os ingleses rejeitaram a proposta. O City quer a primeira parcela agora e o saldo restante no período de dois anos. 16/07/2011 REUTERS/Marcos Brindicci