Câmara de Madri aprova candidatura 2020

quarta-feira, 20 de julho de 2011 12:48 BRT
 

MADRI (Reuters) - A Câmara Municipal de Madri aprovou na quarta-feira a candidatura da cidade a sede dos Jogos Olímpicos de 2020, embora os problemas econômicos da capital espanhola tenham levado dois partidos menores a se opor ao projeto.

A candidatura foi aprovada graças ao apoio do conservador Partido Popular (PP), do prefeito Alberto Ruiz-Gallardón, e do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), que governa em nível nacional.

"Não podemos deixar passar esta oportunidade", disse aos vereadores o vice-prefeito Manuel Cobo.

Cobo disse que cerca de 80 por cento da infraestrutura necessária para promover os Jogos já está presente, e o porta-voz do PSOE Jaime Lissavetzky sugeriu que seria possível levantar 20 milhões de euros (28,4 milhões de dólares) de fontes particulares, de modo que a candidatura teria "custo zero".

Mas vereadores dos partidos Esquerda Unida (IU) e União de Progresso e Democracia (UPyD) se opuseram a esta, que será a terceira candidatura de Madri para sediar os Jogos, citando as dívidas da cidade, de 7 bilhões de euros, e dizendo que o dinheiro poderia ser mais bem gasto com serviços públicos.

O porta-voz do IU, Angel Perez, disse que o partido decidiu negar seu apoio "por acreditar que a meta de Madri, como cidade, não deve ser organizar uma Olimpíada, e sim lançar um projeto mais justo que seja mais equilibrado no sentido político e social".

David Ortega, porta-voz do UPyD, acrescentou: "Não podemos pedir aos cidadãos que façam esse esforço enorme, porque, em última análise, serão eles que pagarão a conta."

"Não é aceitável que não haja dinheiro para lares para idosos, escolas públicas ou assistência a pequenas e médias empresas, mas haja para as instalações esportivas para os Jogos Olímpicos."

(Reportagem de Iain Rogers)