21 de Julho de 2011 / às 16:53 / 6 anos atrás

Fifa ficará surpresa com avanços na preparação da Copa--ministro

RIO (Reuters) - O Brasil vai surpreender a Fifa na próxima semana com os progressos feitos na preparação para a Copa do Mundo de 2014, disse nesta quinta-feira o ministro do Esporte, Orlando Silva, após uma série de críticas da federação internacional sobre o ritmo dos preparativos brasileiros.

O ministro não detalhou quais serão os progressos apresentados à Fifa antes do sorteio das eliminatórias do Mundial no Rio de Janeiro, em 30 de julho, mas o Corinthians concluiu este mês a equação financeira de seu estádio, única das 12 sedes do Mundial ainda sem resolver essa questão.

"A Fifa estará no Brasil na próxima semana e conhecerá os progressos que o Brasil realizou no último período", disse o ministro em teleconferência com a imprensa internacional sobre a Copa do Mundo.

"Acredito que a Fifa ficará muito feliz com as informações que passaremos no encontro dos próximos dias. Provavelmente se surpreenderão com os dados e informações que passarão a conhecer", acrescentou.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, e o secretário-geral da entidade, Jêróme Valcke, já criticaram repetidas vezes o andamento da preparação brasileira para a Copa. No mês passado, Valcke chegou a dizer que o Brasil "não tem estádios, não tem aeroportos, não tem um sistema de transporte prontos".

O ministro respondeu afirmando que a federação internacional tem acompanhado "à distância" os trabalhos do país. "O Brasil está muito mais atento à preparação para a Copa do Mundo do que a Fifa, e essa atenção do governo vai continuar até o último momento", afirmou.

Além dos estádios, a Fifa se preocupa principalmente com os aeroportos e o transporte. Para os terminais aéreos, o governo anunciou que fará uma concessão à iniciativa privada dos principais aeroportos do país para reformas e ampliações.

Segundo o governo, serão investidos 14 bilhões de dólares em infraestrutura de transportes, aeroportos e estádios para o Mundial.

O ministro disse ainda que as denúncias de corrupção no Ministério dos Transportes, que resultaram no afastamento de 15 pessoas até agora -- incluindo o ex-ministro Alfredo Nascimento -- não causarão qualquer prejuízo às obras do Mundial. Segundo ele, não havia projetos da Copa dentro da pasta.

"O aspecto ligado ao transporte urbano é tratado por um ministério específico, que é o Ministério das Cidades. Cabe a ele tratar do tema transporte coletivo", disse.

"Os empreendimentos estão em curso, em plena execução, ou em fase final de contratação. Independentemente de ajustes na equipe de qualquer órgão da administração, o plano de investimentos segue o seu cronograma", disse.

Por Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below