Vettel mostra insatisfação com resultado no GP da Alemanha

domingo, 24 de julho de 2011 13:57 BRT
 

Por Mark Meadows

NURBURGRING, Alemanha (Reuters) - O líder da Fórmula 1 Sebastian Vettel exigiu saber por que a sua Red Bull não tinha o ritmo do carro companheiro de equipe Mark Webber neste domingo, quando o alemão fez uma corrida em casa para esquecer, mas com um pouco de sorte no fim.

O campeão do mundo, que havia vencido seis das nove corridas nesta temporada, terminou uma sequência de 11 pódios consecutivos, ao chegar em quarto lugar graças a um erro de pitstop da Ferrari para Felipe Massa, que caiu para quinto na última volta.

"Eu não me senti muito bem durante toda a semana, eu nunca cheguei ao ritmo que Mark tinha em seu carro", disse Vettel a repórteres enquanto fãs desapontados deixavam uma triste Nurburgring.

No Grande Prêmio da Inglaterra, há duas semanas, um raivoso Webber recebeu ordem de não ultrapassar Vettel, reforçando a visão de que o alemão é o número um da Red Bull, apesar de o piloto negar.

Mas a situação se inverteu em Nurburgring com a pole position Webber, que terminou o GP em terceiro lugar, enquanto Vettel ficou apenas na segunda fila do grid e acabou caindo uma posição, ao ser ultrapassado por Fernando Alonso.

Lewis Hamilton saltou para a vitória e provocou um ressurgimento da McLaren, enquanto Alonso da Ferrari, que venceu em Silverstone, ficou em segundo lugar. A diferença do líder Vettel para Webber agora é de 77 pontos, com nove corridas a serem disputadas a partir do GP da Hungria, no próximo domingo.

"Penso que o quarto lugar foi provavelmente o máximo que poderia conseguir hoje, o que não é satisfatório", disse Vettel.

"Precisamos trabalhar mais em nosso carro para voltar ao pódio, e talvez ao degrau mais alto novamente", disse ele, imaginando como seu domínio declinou tão rapidamente em apenas duas corridas.   Continuação...