Triunfo de Hamilton na Alemanha dá novo fôlego à temporada

segunda-feira, 25 de julho de 2011 13:43 BRT
 

Por Mark Meadows

NUERBURGRING, Alemanha (Reuters) - No momento em que a Fórmula 1 chega à metade da temporada, a blindagem de Sebastian Vettel parece repentinamente ter ficado com algumas rachaduras depois que a magnífica vitória de Lewis Hamilton deixou o alemão, pela segunda prova consecutiva, na sombra de sua equipe, a antes dominadora Red Bull.

O campeão mundial não deu importância ao ser vencido pelo espanhol Fernando Alonso no Grande Prêmio britânico, quinze dias antes, mas neste domingo pela primeira vez na temporada ele não conseguiu chegar ao pódio e teve um desempenho abaixo da média na competição no próprio país.

Embora ele ainda mantenha uma enorme vantagem, de 77 pontos, sobre seu colega de equipe, Mark Webber, as nove provas que restam agora prometem ser qualquer coisa menos uma procissão modorrenta em direção a um segundo título seguido para Vettel.

Seja por problemas mecânicos, desespero para sair logo na frente ou a equipe da Red Bull reduzindo o ritmo após um desempenho metafórico, as outras duas atuais potências do esporte estão se aproximando rapidamente.

Pode ser que seja tarde demais para impedir que Vettel conquiste o título, mas Hamilton, que obteve uma vitória brilhante para a McLaren no domingo, está levando adiante a batalha.

"Acho que sempre é algo a mais estar na frente, não importa qual seja o momento da temporada", disse ele, depois de chegar ao terceiro lugar na contagem de pontos da temporada. "Estamos de volta à luta."

O circo da Fórmula 1 se desloca no próximo fim de semana da fria Alemanha para a Hungria, de clima mais quente e palco de duas vitórias de Hamilton. Depois, haverá um intervalo na temporada.

Alonso terminou em segundo lugar, apesar de não ter ficado inteiramente satisfeito com o fim de semana em Nuerburgring, o que é apenas uma mostra de quão distante está a Ferrari do desapontamento de suas primeiras corridas.   Continuação...

 
O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, comemora a vitória no Grande Prêmio de F1 da Alemanha, no circuito de Nuerburgring. Hamilton venceu o espanhol Fernando Aloson, da Ferrari e o australiano Mark Webber, da Red Bull. 24/07/2011 REUTERS/Thomas Bohlen