Impaciente, Serena Williams diz que pode voltar ao topo

quarta-feira, 27 de julho de 2011 12:56 BRT
 

Por Matthew Cronin

STANFORD, Estados Unidos (Reuters) - Serena Williams só fez poucos jogos desde que voltou às quadras após uma cirurgia no pé e uma grave doença, mas diz que isso não irá impedi-la de voltar logo à elite do tênis feminino.

Após trucidar a australiana Anastasia Rodionova com um duplo 6-0 na primeira rodada do torneio Stanford Classic, a norte-americana, ganhadora de 13 Grand Slams, disse que, levando em conta o que passou no último ano, ela deveria ser paciente, mas que isso não faz o seu estilo.

"Quero voltar ao topo", disse Williams a jornalistas. "Não tenho paciência. Mas talvez isso esteja me ensinando a ser mais paciente. E isso vai acontecer, mas não necessariamente... ser número 1 é ótimo, mas eu realmente quero poder ir bem em Grand Slams."

Na sua reestreia no circuito da WTA, no torneio de grama em Eastbourne, ela venceu uma partida e caiu em seguida frente a Vera Zvonareva, número 3 do mundo.

Em Wimbledon, onde havia sido campeã no ano anterior, ela passou pelas três primeiras rodadas, até ser derrotada pela francesa Marion Bartoli.

Ela havia chegado ao torneio britânico avisando que não poderia esperar muito, já que quase havia morrido em fevereiro devido a uma embolia pulmonar. Mesmo assim, não conseguiu esconder sua frustração com a eliminação prematura.

 
Serena Williams durante jogo contra a australiana Anastasia Rodionova no torneio o torneio Stanford Classic, na Califórnia. A tenista só fez poucos jogos desde que voltou às quadras após uma cirurgia no pé e uma grave doença, mas diz que isso não irá impedi-la de voltar logo à elite do tênis feminino.
26/07/2011 REUTERS/Beck Diefenbach