Derrotado na Hungria, Vettel continua na liderança do campeonato

domingo, 31 de julho de 2011 16:37 BRT
 

BUDAPESTE (Reuters) - O piloto da Red Bull Sebastian Vettel foi superado pela McLaren no GP da Hungria neste domingo, mas terminou com uma liderança ainda mais expressiva em um campeonato da Fórmula 1 já fora do alcance da maioria de seus rivais.

O alemão campeão do mundo, que venceu seis das primeiras oito corridas, agora já soma derrotas nos três últimos GPs. Ele teve dificuldade nas condições úmidas da pista com pneus intermediários, antes de se beneficiar com os dois erros de Lewis Hamilton e terminar na segunda colocação.

"Hoje não estou 100% contente porque comecei na pole e tinha a sensação de que poderia vencer a corrida", afirmou ele a repórteres depois que a McLaren de Jenson Button cruzou primeiro a linha de chegada.

"O segundo lugar é um importante passo, mas a vitória estava dentro do meu alcance hoje."

A técnica de Vettel tem sido analisada com mais escrutínio do que nunca nas corridas recentes, mas ele já somou 234 pontos e está 85 pontos à frente de seu colega de time Mark Webber, sua liderança mais ampla no campeonato até agora.

Com oito corridas faltando antes do intervalo de um mês, seria impressionante se o piloto de 24 anos não garantisse praticamente o segundo título consecutivo muito antes do fim da temporada.

Todos os pilotos abaixo da sétima colocação, ocupada atualmente pelo compatriota de Vettel Nico Rosberg, com 48 pontos, estão matematicamente fora da disputa pelo título.

A competição cada vez maior da McLaren e da Ferrari é uma razão para o recente freio nas vitórias, e Vettel vem sendo tão exigente com seu time como com ele mesmo, para tentar encontrar respostas e garantir que o fim da temporada não seja tomado por ansiedade.

"No início da corrida eu tive um pouco de dificuldade com os intermediários", disse ele.   Continuação...