Vettel amplia liderança, mas quer voltar a vencer

segunda-feira, 1 de agosto de 2011 09:26 BRT
 

Por Mark Meadows

BUDAPESTE (Reuters) - Sebastian Vettel quer voltar a ganhar corridas para sagrar-se bicampeão da Fórmula 1 em grande estilo, em vez de simplesmente acumular ponto de forma cautelosa quando a categoria voltar de suas férias, no final de agosto.

No GP da Hungria, no domingo, o alemão ampliou para 85 pontos a sua liderança sobre Mark Webber, seu colega de Red Bull. Ele terminou a prova em segundo lugar, atrás de Jenson Button, da McLaren.

Após vencer seis das oito primeiras provas da temporada, Vettel não ganha há três corridas, mas não é por falta de empenho. "Não penso no campeonato quando estou correndo. Penso em tentar ganhar", disse ele a jornalistas.

"Ainda restam muitas corridas, então nossa meta tem de ser vencer corridas, e posso lhes dizer que ainda estamos com muita fome de ganhar corridas, ponto final."

A liderança de Vettel neste ano nunca foi tão ampla, e as chances de ele não ser bicampeão são remotas.

Só McLaren e Ferrari têm carro para competir com a Red Bull nesta temporada, que será retomada em 28 de agosto na Bélgica. Mas a equipe de Vettel acumulou tamanha vantagem na primeira parte do ano que é improvável que permita uma disputa acirrada como na temporada de 2010, quando o alemão só se sagrou campeão na última corrida.

Apesar da ânsia por vitórias, Vettel sabe da importância de acumular pontos mesmo sem estar na sua melhor forma - como ocorreu no domingo, quando foi ultrapassado duas vezes pelas McLarens, em pista molhada.

"Olhando para o campeonato, foi uma boa corrida, com muita gente terminando atrás de nós, exceto Jenson, então vamos ver. Ainda há um longo caminho a percorrer, e vemos, especialmente em corridas assim, com que rapidez as coisas podem mudar," disse Vettel. "Apesar disso, sei que hoje foram (conquistados) pontos bons."