Aprovada cobertura decorativa para estádio dos Jogos de Londres

quinta-feira, 4 de agosto de 2011 20:07 BRT
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O estádio olímpico de Londres, que custou 500 milhões de libras (cerca de 820 milhões de dólares), passará por uma revitalização de sua área externa para lhe dar mais brilho para os Jogos do ano que vem. As vigas de aço e o concreto cinza de seu exterior serão cobertos de material decorativo, disseram os organizadores nesta quinta-feira.

A indústria Dow, gigante do setor químico e mais recente parceira do Comitê Olímpico Internacional (COI), vai arcar com os custos do material temporário para o encobrimento, que consistirá de 336 painéis verticais de 25 metros de altura.

O estádio, com capacidade para 80 mil pessoas sentadas, foi concluído em maio e projetado para ser coberto por uma espécie de banner, mas o plano havia sido abandonado em outubro para se obter uma economia de cerca de 7 milhões de libras (11,48 milhões de dólares) com o projeto, a menos fosse encontrado um patrocinador do setor privado.

O acordo com a Dow permitirá que a empresa insira propaganda na cobertura até um mês após os Jogos. Depois, todos espaços serão limpos, disseram os organizadores.

"Ter a cobertura é como colocar o glacê no bolo", declarou o presidente do Comitê Organizador dos Jogos de Londres, Sebastian Coe, em um comunicado. "O estádio vai ficar espetacular na época dos Jogos."

Numa imagem divulgada pelo comitê londrino, a cobertura lembra uma série de cortinas brancas verticais. Segundo um porta-voz, a maneira exata de como serão decoradas ainda está sendo analisada.

No entanto, depois de críticas em alguns setores de que o estádio parecia bastante austero em comparação com o brilhante Ninho de Pássaro, de Pequim, a nova cobertura permitirá luzes e imagens coloridas para iluminar a estrutura, que já se tornou um marco no horizonte do leste de Londres.

Seguindo a ênfase de realizar uma Olimpíada "verde", os organizadores disseram que uma Divisão de Plásticos de Desempenho, da Dow, está trabalhando com resinas que tornarão a cobertura 35 por cento mais leve do que seria se fossem usados materiais convencionais.   Continuação...

 
O estádio olímpico de Londres com o número 1 desenhado na grama para marcar a contagem regressiva de um ano até o início dos jogos do ano que vem, em foto de 27 de julho de 2011. A área externa do estádio passará por uma revitalização. 27/07/2011 REUTERS/LOCOG/Divulgação