Milan derrota rival Inter e conquista Supercopa da Itália

sábado, 6 de agosto de 2011 15:25 BRT
 

Por Sabrina Mao e David Gray

PEQUIM (Reuters) - O campeão italiano Milan marcou dois gols em nove minutos do segundo tempo e virou o jogo contra a rival Inter de Milão neste sábado em Pequim, vencendo por 2 x 1 a final da Supercopa da Itália.

O Milan, que pôs fim ao reinado de cinco anos da Inter no campeonato italiano ao erguer a taça em maio, lutou para se recuperar por meio do atacante e ex-Inter Zlatan Ibrahimovic e Kevin-Prince Boateng.

A Inter dominou a primeira etapa, quando o meio-campista holandês Wesley Sneijder, alvo de fortes rumores na mídia por sua possível ida para o Manchester United ou City, abriu o placar aos 22 minutos com uma cobrança de falta depois que Gennaro Gattuso escapou de um cartão vermelho.

Contrariando o andamento do jogo, Ibrahimovic igualou de cabeça aos 25 minutos da segunda etapa depois de receber de Clarence Seedorf, e nove minutos depois Boateng conferiu o gol da vitória.

"Clássico é sempre clássico. Realmente tivemos dificuldades com a resistência nos primeiros 30 minutos, os jogadores pareciam cansados", disse Massimiliano Allegri, técnico do Milan, em entrevista coletiva.

"Mas no segundo tempo acabou ficando muito melhor. Não demos mais chances à Inter, exceto a Wesley Sneijder."

A derrota foi um início de mau agouro para o novo técnico da Inter, Piero Gasperini, que substituiu Leonardo na pré-temporada. O brasileiro se tornou diretor de esportes do francês Paris St Germain depois de breves passagens tanto pelo Milan quanto pela Inter.

"Jogamos muito bem no primeiro tempo", disse Gasperini na tentativa de listar pontos positivos. "Quanto ao boato da saída de Sneijder, iremos conversar sobre isso na semana que vem, após voltarmos à Itália."

A nova temporada da liga italiana começa em 28 de agosto, quando o Milan visita o Cagliari, ex-clube de Massimiliano Allegri. A Inter, campeã da Copa da Itália no primeiro semestre após conquistar o tricampeonato na temporada anterior sob José Mourinho, recebe o Lecce.

As partidas estão ameaçadas por uma greve da associação italiana de jogadores por conta de um desentendimento de longa data com a liga sobre um contrato coletivo -- duas greves foram evitadas por pouco na última temporada.

 
Jogadores do Milan comemoram o título da Supercopa da Itália depois de derrotarem a rival Inter de Milão, no estádio Ninho do Pássaro, em Pequim, na China. 06/08/2011 REUTERS/David Gray