Violência em Londres enfraquece imagem da cidade para Olimpíadas

terça-feira, 9 de agosto de 2011 16:56 BRT
 

Por Peter Griffiths

LONDRES (Reuters) - Os tumultos de Londres nesse fim de semana não poderiam ter ocorrido em momento pior para um país que se prepara para receber milhões de visitantes nas próximas Olimpíadas e se esforça para atrair investimentos, enquanto a economia vacila.

Correram o mundo as imagens de prédios incendiados, saques em lojas e a polícia em confronto com gangues de mascarados, arriscando arranhar a reputação da Grã-Bretanha como um lugar para visitar e fazer negócios, disseram analistas e líderes empresariais na terça-feira.

O especialista em controle de crises Alex Woolfall afirmou que é crucial que a polícia e o governo coloquem um fim rápido aos tumultos para evitar causar um dano duradouro à imagem da Grã-Bretanha no exterior.

"Se a história se tornar 'uma semana de loucura de verão', isso irá embora e as pessoas seguirão adiante," afirmou Woolfall, executivo da empresa de relações públicas Porter Novelli.

"Mas, se isso se arrastar, ou pior, se parecer que há uma incapacidade genuína de contê-lo, então isso de fato começa a mudar as percepções," disse ele, acrescentando que o perigo se encontra nas preocupações cada vez maiores com segurança e se o país tem policiais suficientes.

O Consórcio de Varejistas Britânicos, entidade que representa 90 por cento das lojas, informou que os tumultos enviaram uma "mensagem aterradora" à população do país e no exterior.

"Isso afastará pessoas de outras partes do Reino Unido e do exterior de Londres no médio prazo," disse um porta-voz da entidade.

Qualquer declínio nos gastos dos turistas atingirá duramente os varejistas britânicos em um momento de baixa confiança dos consumidores e cortes de gastos públicos. A economia da Grã-Bretanha cresceu pouco no segundo trimestre depois de seis meses de estagnação.

 
Moradores limpam rua na terça-feira após mais uma noite de violência em Londres.   REUTERS/Olivia Harris