Mano ganha apoio da CBF após 1a derrota para Alemanha desde 1993

quarta-feira, 10 de agosto de 2011 20:41 BRT
 

STUTTGART (Reuters) - A Alemanha encerrou uma série de 18 anos sem ganhar da seleção brasileira, enquanto a equipe comandada por Mano Menezes sofreu mais uma derrota contra times de tradição nesta quarta-feira.

O resultado de 3 x 2 significou a primeira vitória alemã sobre o Brasil desde 1993, quando os europeus fizeram 2 x 1 em Cologne. Neste intervalo, houve cinco confrontos, com quatro vitórias do Brasil e um empate.

O jogo em Stuttgart, que teve todos os gols anotados no segundo tempo, marcou mais um tropeço da seleção brasileira.

Em um ano com Mano à frente do Brasil, o time foi derrotado por 1 x 0 para Argentina e França e empatou sem gols com a Holanda em amistosos, além de ter sido eliminado nas quartas de final da Copa América pelo Paraguai.

"Desde que assumi a seleção há um ano, este é o primeiro time que jogamos que foi melhor que nós durante os 90 minutos", disse Mano a repórteres. "No momento eles estão melhores do que nós."

O técnico brasileiro, contratado após a Copa do Mundo de 2010 para promover uma reformulação na equipe para o Mundial em casa, em 2014, tem tido resultados decepcionantes, mas o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, manifestou apoio a ele.

O dirigente conversou com Mano após a derrota para a Alemanha para mostrar confiança no trabalho do técnico.

Segundo nota no site da CBF, "o presidente da CBF garantiu também ao técnico que o planejamento traçado quando da sua contração está mantido: renovar a seleção brasileira, ainda que sabedor dos riscos que essa mudança pode acarretar em seu início, a de os resultados não serem os esperados".

Teixeira assegurou ainda que a CBF continua buscando adversários de expressão para os próximos amistosos.

(Por Brian Homewood, com reportagem adicional de Tatiana Ramil, em São Paulo)