Greve de jogadores adia início do Campeonato Espanhol

quinta-feira, 11 de agosto de 2011 10:08 BRT
 

MADRI (Reuters) - Jogadores da primeira e da segunda divisões da Espanha farão greve nos dois primeiros finais de semana da temporada 2011/2012, adiando o início dos campeonatos, informou o sindicato dos jogadores (AFE) nesta quinta-feira.

"Estamos unânimes e firmes em nossa decisão de fazer greve", disse o presidente da AFE, Luis Rubiales, em entrevista coletiva. "A liga não vai começar até que um novo acordo (entre a liga e os jogadores) seja assinado."

O ponto principal da disputa é a exigência do sindicato por um fundo de emergência maior para jogadores que estão com os salários atrasados em clubes com problemas financeiros.

As duas principais divisões do Campeonato Espanhol têm início marcado para o fim de semana de 20 e 21 de agosto.

O sindicato recebeu o apoio de mais de 100 jogadores de ponta do futebol em um hotel de Madri onde foi realizada a entrevista coletiva.

Os jogadores da seleção espanhola Iker Casillas e Carles Puyol estiveram entre os grandes nomes presentes ao evento, que também contou com representantes da França, Alemanha e Itália.

Rubiales disse que o sindicato está negociando com a liga espanhola uma série de medidas de proteção aos jogadores que já são adotadas em outros países da Europa, mas que os atletas não têm direito na Espanha.

"Isso é lamentável. Do jeito que está nós somos os piores da Europa", disse Rubiales. "Não queremos mais dinheiro, queremos apenas que os clubes honrem os contratos que assinaram com os jogadores."

(Por Mark Elkington)