Brasil enfrentará Egito, Costa Rica e Gabão; talvez Inglaterra

quinta-feira, 11 de agosto de 2011 17:36 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A seleção brasileira vai enfrentar Egito, Costa Rica e Gabão em amistosos até o final do ano, e ainda fará um jogo contra Suíça ou Inglaterra, anunciou a Confederação Brasileira de Futebol nesta quinta-feira.

A CBF já havia confirmado anteriormente uma partida com o México, em 11 de outubro, e dois amistosos contra a Argentina, em 14 e 28 de setembro, apenas com jogadores que atuam nos campeonatos nacionais dos dois países.

Apesar de o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, ter afirmado após a derrota de quarta-feira por 3 x 2 para a Alemanha que a prioridade da seleção era continuar enfrentando equipes de primeira grandeza, os adversários confirmados nesta quinta não estão entre os melhores colocados do ranking mundial da Fifa.

Somente a Inglaterra, que poderá enfrentar o Brasil em 15 de novembro, seria um oponente de alto nível, mas o jogo ainda não está confirmado e a Suíça (30o lugar do ranking) pode ser o adversário da seleção nesta data.

A partida contra o Egito (34o do ranking) será no dia 6 de setembro, no Cairo, enquanto a partida com a Costa Rica (56o) será em 7 de outubro, na cidade mexicana de Torreón, onde o Brasil também enfrentará os donos da casa quatro dias depois. A partida com o Gabão (60o), no dia 11 de novembro, será no país africano.

Em um ano de trabalho do técnico Mano Menezes, o Brasil não conseguiu vencer nenhum clássico contra adversários importantes. Além da derrota para a Alemanha em Stuttgart, a equipe perdeu por 1 x 0 para França e Argentina e ficou num empate sem gols com a Holanda, jogando em casa, em Goiânia.

Mano obteve seis vitórias, quatro empates e três derrotas nas 13 partidas que fez com a seleção. Nesse caminho, a equipe foi eliminada pelo Paraguai nas quartas de final da Copa América, nos pênaltis, com apenas uma vitória em quatro jogos.

Apesar dos resultados, a CBF declarou apoio no trabalho do treinador de renovar a equipe para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil após a derrota nas quartas de final do Mundial do ano passado sob comando do ex-capitão Dunga.

(Por Pedro Fonseca)

 
Alemão Traesch marca Neymar em amistoso Alemanha x Brasil, em Stuttgart. O Brasil perdeu por 3 x 2. 10/08/2011 REUTERS/Kai Pfaffenbach