Real Madrid perto de desafiar supremacia do Barça

quinta-feira, 18 de agosto de 2011 14:29 BRT
 

Por Mark Elkington

MADRI (Reuters) - O Real Madrid está mais perto de contestar a supremacia do Barcelona dentro da Espanha e na Europa, apesar de ter perdido a Supercopa Espanhola após uma segunda partida explosiva em Camp Nou.

O placar geral de 5 a 4 para o Barça veio após a dramática vitória por 3 a 2 na noite de quarta depois de 180 minutos intensos de ação, com Lionel Messi selando o gol final da temporada.

Mais uma vez, porém, o "clássico" terminou em polêmica e três cartões vermelhos. A guerra de palavras que veio a seguir deu uma pista de que as relações entre os dois rivais continuarão a se deteriorar.

A Supercopa foi o 11o troféu do técnico do Barça, Pep Guardiola, no início de sua quarta temporada no cargo, colocando-o no nível do recorde do clube estabelecido por Johan Cruyff há oito anos.

Há sinais, no entanto, que o planejamento de longo prazo do técnico do Real, José Mourinho, está começando a render frutos.

"O Madrid perdeu o medo de jogar com o Barça", disse um artigo no diário El País, elogiando a forma como o Real encarou o adversário, sem ficar apenas na defensiva, como na temporada passada.

Mas embora o Real se equipare ao Barça em muitos departamentos, eles fracassaram em segurar o melhor jogador do ano Messi. O argentino mostrou novamente que talvez seja a diferença crítica entre os dois lados, marcando três gols e participando dos outros dois do total de cinco do time do Catalão nas duas partidas.

Com seis clássicos já jogados em 2011, a preparação para o confronto do final do ano, quando os dois times se encontram novamente pelo La Liga no final de semana de 10 e 11 de dezembro, já está a caminho.