Bruno Senna substituíra Heidfeld na Renault

quarta-feira, 24 de agosto de 2011 16:09 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O piloto brasileiro Bruno Senna vai disputar o Grande Prêmio da Bélgica pela equipe Renault, no próximo fim de semana, na vaga do alemão Nick Heidfeld, informou a equipe de Fórmula 1 nesta quarta-feira.

O brasileiro, sobrinho do tricampeão mundial Ayrton, pilotou pela escuderia Hispania (HRT) na temporada passada, sem ter conquistado nenhum ponto, e atualmente era piloto de testes e reserva da Renault.

As especulações sobre a possível troca de pilotos na Renault já eram grandes desde o Grande Prêmio da Hungria, em que o chefe da escuderia, Eric Boullier, criticou as performances do veterano alemão.

Boullier disse em Budapeste que as atuações de Heidfeld eram "boas, mas não suficientes".

Recentemente, o Genii Capital, grupo de Luxemburgo que controla a equipe, firmou uma joint-venture no Brasil com o WWI Gropu para administrar um portfólio de investimentos de 10 bilhões de dólares.

A Renault informou em comunicado que Senna será parceiro do russo Vitaly Petrov em Spa-Francorchamps, mas não deu mais detalhes.

"Bruno vai participar da entrevista coletiva oficial da FIA amanhã (quinta-feira)", informou a equipe. "Um comunicado de imprensa com mais detalhes sobre o tema será divulgado amanhã."

Senna, de 27 anos, participou do treino livre de sexta-feira na Hungria no lugar de Heidfeld e também guiou o carro de 2009 da equipe em um teste particular na Espanha este mês.

Heidfeld foi escolhido pela Renault no início do ano para substituir o polonês Robert Kubica, que sofreu um grave acidente numa prova de rali antes do início da temporada.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
O piloto brasileiro da equipe Renault Bruno Senna caminha próximo a circuito na Hungria, em julho de 2011. Bruno Senna vai disputar o Grande Prêmio da Bélgica no próximo fim de semana. 28/07/2011 REUTERS/Bernadett Szabo