August 27, 2011 / 3:52 PM / in 6 years

Vettel supera Hamilton na disputa da pole na Bélgica

4 Min, DE LEITURA

O piloto da Red Bull Sebastian Vettel comemora a conquista da pole position no Grande Prêmio da Bélgica. 27/08/2011Thierry Roge

Por Alan Baldwin

SPA-FRANCORCHAMPS, Bélgica (Reuters) - O campeão mundial de Fórmula 1 Sebastian Vettel conquistou a pole position no Grande Prêmio da Bélgica no sábado, depois de tirar a primeira posição de Lewis Hamilton nos segundos finais da qualificação.

Em uma sessão com pista molhada e cheia de acontecimentos, o alemão de 24 anos da Red Bull garantiu sua 13a pole da carreira e a 9a da temporada.

O australiano Vettel é companheiro de equipe Mark Webber, que comemora seu 35o aniversário com um novo contrato, e vai alinhar em terceiro ao lado do brasileiro da Ferrari, Felipe Massa.

O heptacampeão mundial Michael Schumacher, que fez sua estreia no circuito há 20 anos, teve uma tarde de pesadelo e não definiu um tempo na primeira fase após derrapar com sua Mercedes.

Hamilton, vencedor em Spa no ano passado, viu-se no meio de outra polêmica, após colidir com o venezuelano Pastor Maldonado da Williams na segunda fase de qualificação.

O britânico forçou ultrapassagem quando Maldonado pôs o carro por fora e então, depois de completar a última volta, pareceu ter sido cortado pelo venezuelano com a McLaren danificada pelo contato.

"Foi de propósito", disse Hamilton pelo rádio à equipe a respeito das ações do novato. A McLaren foi equipada com uma nova asa dianteira e consertou o carro para a fase final.

Não houve comentários imediatos dos fiscais de prova, mas Hamilton disse que estava esperando ser chamado, com ambos os pilotos enfrentando possíveis sanções.

Os dois homens também entraram em confronto em Mônaco, com Hamilton jogando Maldonado nas barreiras de pneus, quando o venezuelano se dirigia para conquistar seus primeiros pontos.

"Grande Choque"

O companheiro de equipe de Hamilton, Jenson Button, vencedor na Hungria ficou em 13o lugar no grid depois de um 'mal entendido'.

Foi comunicado ao campeão de 2009 que fosse para o pit, ordem que ele questionou dizendo: "Você tem certeza? Você tem certeza?", durante a segunda sessão e depois viu que seu tempo era insuficiente para fazer isso.

"Isso é muito decepcionante e grande choque", disse ele. "Um grande erro de nossa parte. Em cada sessão de treinos estamos entre os três melhores. É duro largar em 13o, mas temos que lidar com isso."

Schumacher, que espera por um pódio pela primeira vez desde seu retorno na última temporada, mais uma vez vai largar de trás.

O alemão derrapou em uma poça de água antes que pudesse definir uma volta cronometrada, colidindo com o muro, com uma roda traseira saindo da Mercedes e rolando pela pista.

"Eu não sei o que aconteceu", disse ele pelo rádio da equipe após o carro parar. "Foi algo inesperado."

O brasileiro Bruno Senna fez um começo impressionante em sua primeira corrida com a Renault, se classificando em sétimo e à frente de Fernando Alonso da Ferrari, que ficou em oitavo.

O companheiro de Senna, o russo Vitaly Petrov, se classificou em décimo.

O britânico Paul di Resta, da Force India, foi outra vítima da primeira sessão após rodar em uma volta rápida.

As duas HRTs e o belga Jerome d'Ambrosio, da Virgin Racing, dependem dos administradores depois de não conseguirem atingir o limite de 107 por cento na qualificação, juntamente com Schumacher.

A segunda fase de qualificação foi interrompida brevemente após Adrian Sutil, da Force India, ter derrapado e batido na parede de pneus no topo da Eau Rouge.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below