28 de Agosto de 2011 / às 22:03 / em 6 anos

Manchester United e Manchester City goleiam equipes de Londres

LONDRES (Reuters) - O Manchester United e o Manchester City deixaram seus oponentes torturados e a Premier League sem dúvida de que eles são os times a superar nesta temporada, depois de demolirem o Arsenal e o Tottenham Hotspur, respectivamente, no domingo.

O United bateu o Arsenal por 8x2 em Old Trafford com três gols de Wayne Rooney. Já o atacante do City Edin Dzeko marcou quatro na vitória de 5x1 contra o Spurs.

Os dois times de Manchester se alçaram ao topo da tabela com suas três vitórias em três rodadas, superando Chelsea e Liverpool, que assumiram a liderança no sábado, mas agora têm dois pontos a menos.

Em contraste, o Arsenal está na décima-sétima posição, e o Tottenham Hotspur, que disputou apenas dois jogos, está na lanterna e ainda não venceu na temporada.

“Acho que jogamos muito bem contra o time de Tottenham, que acho um time fantástico,” afirmou o técnico do Manchester City, Roberto Mancini, à Sky Sports.

“Tinha certeza que o Dzeko faria muitos gol neste ano. Estou decepcionando apenas pelo gol que levamos deles. Essa temporada é longa, mas era importante que a iniciássemos bem. O próximo jogo será difícil porque todos pensarão que podemos marcar três ou quatro gol.”

O Manchester United goleou um Arsenal inexperiente, e não foi surpresa quando Danny Welbeck, da seleção inglesa, se aproveitou da fraca defesa e aproveitou um passe de Anderson para abrir o placar.

O goleiro do United, David De Gea, ainda defendeu um pênalti cobrado por Robin van Persie no primeiro tempo, e Ashley Young marcou o segundo gol pra equipe de Manchester. O Arsenal marcou o primeiro de seus dois gols no fim da primeira etapa, depois que Rooney já havia feito o terceiro para o time visitante.

O segundo e último gol dos Spurs saiu aos 30 do segundo tempo.

Para o United, Rooney marcou mais duas vezes na segunda etapa. Nani e Park Ji-Sung também anotaram seus gol. Young voltou a marcar nos últimos minutos da partida.

“A performance de hoje foi incrível,” disse Rooney, que alcançou a marca de 152 gols pelo United.

“Temos muitos cobradores de falta no clube, e estivemos trabalhando nisso. Toda vez que jogamos contra o Arsenal vamos para cima deles e tentamos marcar.”

Enquanto o técnico do United, Alex Ferguson, decidiu manter os jovens jogadores que venceram os Spurs por 3x0 na segunda, e deixar os titulares Rio Ferdinand e Javier Hernandez no banco, Mancini fez várias mudanças no time.

O estreiante Samir Nasri, que saiu do Arsenal junto com Cesc Fábregas e deixou Arsene Wenger em busca de jogadores no fim da janela de transferência, foi o arquiteto dos primeiros dois gols do City, dando as assistência para a finalização de Dzeko.

O atacante da Bósnia, anônimo na última temporada, depois de se mudar para a Inglaterra do Vfl Wolfsburg, selou seus três gol de curta distância, depois do intervalo e antes que seu parceiro Sergio Agüero marcasse o quarto gol e Younes Kaboul anotasse um para os rivais.

O Spurs, que perdeu a vaga na Liga dos Campeões para os visitantes no semestre passado, teve boas chances, mas a diferença técnica era clara.

Nas demais partidas do domingo, o Newcastle United bateu o Fulham por 2x1 em casa, com dois gol de Leon Best, e o Stoke City visitou o West Bromwich e conseguiu arrancar um gol na vitória simples fora de casa.

Por Mark Meadows

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below