Mourinho acredita em mim, diz Kaká, confiante após marcar gol

sexta-feira, 2 de setembro de 2011 13:28 BRT
 

MADRI (Reuters) - O meia Kaká acredita que tem a confiança total do técnico do Real Madrid, José Mourinho, apesar da série de contusões e da performance discreta desde que se transferiu para o futebol espanhol.

O Real pagou ao Milan cerca de 70 milhões de euros (100,4 milhões de dólares) pelo brasileiro, agora com 29 anos, em 2009, um ano antes de o português Mourinho trocar a Inter de Milão pelo time espanhol, mas Kaká não conseguiu manter o nível de atuação que o levou a ganhar o prêmio de Melhor Jogador do Ano em 2007.

A mídia informou recentemente que o meia poderia ser vendido ou emprestado, mas ele disse ao canal de TV do Real na quinta-feira que o gol marcado na vitória de 6 x 0 sobre o Real Zaragoza, no domingo, parece ter acabado com as especulações sobre seu futuro.

"Me dá esperança porque houve muita conversa sobre eu deixar o Real Madrid neste verão (na Europa) e (o gol) parece ter colocado um fim a tudo isso", declarou.

"Mourinho acredita que eu posso melhorar e ajudar o time. É bom saber que ele está ciente que eu estou ao seu lado. Vou lutar para continuar a estar lá, mas também posso ser titular."

Mourinho disse na semana passada que estava feliz em ter Kaká no grupo, e o brasileiro afirmou que agradecia o voto de confiança.

"Ele sempre teve fé em mim", explicou Kaká. "Ele poderia ter dito que não me queria mais, que o clube deveria buscar outro clube para mim."

"Ele acredita que posso ajudar o time consideravelmente. O restante da comissão técnica também. Espero curtir o futebol e encontrar sucesso pessoal no Real Madrid. Os torcedores e eu queremos ver o melhor Kaká em ação. Isso é o que eu desejo para esta temporada."

O brasileiro passou por uma cirurgia no joelho depois da Copa do Mundo de 2010, e outras lesões também atrapalharam seu início no Real Madrid.

(Reportagem de Iain Rogers)

 
Kaká, do Real Madrid (esq), e David Beckham, do Los Angeles Galaxy, durante jogo do World Football Challenge, em Los Angeles, em julho. O meia Kaká acredita que tem a confiança total do técnico do Real Madrid, José Mourinho, apesar da série de contusões e da performance discreta desde que se transferiu para o futebol espanhol.
 16/07/2011  REUTERS/Danny Moloshok