Na estreia de Zico, Iraque perde e vê bandeiras brasileiras

sexta-feira, 2 de setembro de 2011 20:17 BRT
 

ARBIL, Iraque (Reuters) - Milhares de torcedores encararam fortes medidas de segurança para ver a estreia do técnico Zico no comando da seleção do Iraque nesta sexta-feira, em um país mais acostumado a bombas do que a futebol.

A partida era válida pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, e o Iraque perdeu de 2 x 0 para a Jordânia no estádio Franso Hariri, em Arbil, capital da região curda semiautônoma, no norte do país.

Havia no estádio algumas bandeiras brasileiras para homenagear Zico e se referindo ao Mundial que será sediado pelo Brasil daqui a três anos.

Ao som de vuvuzelas e da música "Waka Waka", da cantora colombiana Shakira, o ambiente lembrava a Copa da África do Sul, no ano passado.

O sistema de segurança era rigoroso. Policiais e forças de segurança curdas observavam os torcedores, que gritaram e dançaram até o apito final.

"Os procedimentos de segurança são bons dado o grande número de torcedores, e a atmosfera é eletrizante", disse Moayad Ali Abdullah, de 28 anos, que viajou de Mosul até Arbil para o jogo.

"Desejo que essa atmosfera e desenvolvimento em Arbil se estendam para outras partes do Iraque."

(Por Serena Chaudhry, com reportagem adicional de Aws Qusay)