Bolt garante à Jamaica recorde mundial no revezamento

domingo, 4 de setembro de 2011 14:44 BRT
 

Por Ossian Shine

Daegu, Coreia do Sul (Reuters) - O homem mais rápido do mundo, Usain Bolt, comandou a equipe da Jamaica a um recorde mundial na conquista da medalha de ouro no revezamento 4x100 metros na corrida final do 13o Campeonato Mundial de Atletismo, no domingo.

Como tantas vezes antes, Bolt cruzou a linha de chegada como quis e mais uma vez seu desempenho deixou na sombra o dos colegas.

Mo Farah foi magnífico na prova dos 5.000 metros para conquistar o ouro para a Grã-Bretanha, numa corrida soberba que teria sido um clímax apropriado para os dramático Mundial de Daegu, mas quis o destino que Bolt e seus compatriotas conseguissem o primeiro recorde mundial do campeonato justamente no evento final.

Com uma olhada no relógio na altura dos 50 metros, assim que Bolt cruzou a linha de chegada ele arremessou o seu bastão para o meio da multidão e a celebração começou.

Sua dança também só pode ser descrita como de classe mundial.

"Para mim, era só ir lá e ser rápido. Fizemos exatamente isso. Tenho orgulho da minha equipe", disse Bolt após cravar o recorde em 37,04 segundos.

"Estou feliz comigo mesmo. Eu gostava de ser a âncora (atleta que fecha o revezamento). Eu tive um pequeno problema com o meu tendão. Eu não posso executar a curva. Foi decidido que eu seria o âncora. Yohan Blake fez uma grande curva. Estou feliz com isso."

 
O time da Jamaica, de Usain Boll, Yohan Blake, Michael Frater e Nesta Carter (da esquerda para a direita) leva a medalha de ouro em cerimônia de premiação do revezamento 4x100 metros na corrida final do 13o Campeonato Mundial de Atletismo, em Daegu. 04/09/2011 REUTERS/Lee Jae-Won