Trulli tem certeza de que correrá na F1 em 2012

quarta-feira, 7 de setembro de 2011 16:35 BRT
 

Por Alan Baldwin

MILÃO (Reuters) - O piloto italiano Jarno Trulli disse nesta quarta-feira ter certeza de que estará na Fórmula 1 no ano que vem, ainda que a Lotus não tenha confirmado uma prorrogação de seu contrato.

"Estou bastante tranquilo para o ano que vem", declarou o piloto à Reuters em um evento para fãs organizado pela associação de equipes FOTA na véspera do Grande Prêmio da Itália.

"Obviamente não cabe a mim dizer em que ponto estamos, mas sim, estou bastante feliz com a maneira como estamos trabalhando no time e com o relacionamento para o futuro. Diria que estamos acertados".

Indagado se continuará na F1, ele respondeu: "Sim."

Trulli abriu caminho para o indiano Karun Chandhok no GP da Alemanha, e o piloto de 37 anos pode muito bem dar a vaga para o colega novamente no mês que vem, mas o proprietário da equipe, Tony Fernandes, disse na ocasião que a Lotus estava "em processo de renegociação de uma prorrogação de seu contrato".

O italiano sofreu para dominar o carro nesta temporada e não pareceu especialmente abalado ao ser substituído na Alemanha, a última corrida antes de um novo sistema de direção ser instalado.

A Lotus não correu no GP da Bélgica no mês passado por razões técnicas, mas Trulli anseia pelas sete corridas remanescentes do ano.

"O novo sistema foi um grande passo adiante para mim na Hungria, com certeza fez uma diferença enorme para mim", disse ele.

A Lotus, da Malásia, ainda não marcou nenhum ponto desde sua estreia no ano passado, mas Trulli ainda não descartou a possibilidade antes do final da temporada.

"Acho que a introdução do sistema KERS (na Lotus) no ano que vem será um grande passo adiante", acrescentou. "Vai nos dar um impulso e tanto".