Argentina e Espanha abrem vantagem de 2 a 0 na semi da Davis

sexta-feira, 16 de setembro de 2011 18:23 BRT
 

BELGRADO/CÓRDOBA (Reuters) - Argentina e Espanha ficaram perto de chegar à decisão da Copa Davis na sexta-feira, após abrirem vantagem de 2 a 0 nos jogos de simples contra Sérvia e França, respectivamente.

No primeiro duelo entre argentinos e sérvios, David Nalbandian venceu Viktor Troicki por 6-4, 4-6, 6-2 e 6-3, enquanto no outro confronto Juan Martín Del Potro superou Janko Tipsarevic por 7-5, 6-3 e 6-4 em Belgrado.

Desta maneira, a atual campeã Sérvia ficou com poucas chances de chegar à segunda final seguida. A equipe ficou prejudicada com a ausência do número um do mundo, Novak Djokovic, que desistiu da competição por causa de um problema nas costas.

Na outra semifinal da Davis, a Espanha fez 2 a 0 na França no primeiro dia de competições.

O segundo colocado no ranking mundial, Rafael Nadal, não mostrou sinais de cansaço depois de perder a final do Aberto dos EUA para Djokovik na segunda-feira.

A participação de Nadal no confronto que está sendo disputado no saibro na cidade espanhola de Córdoba esteve em dúvida após a final em Nova York.

No entanto, após viajar e se juntar aos companheiros David Ferrer, Fernando Verdasco e Feliciano López, Nadal venceu com facilidade Richard Gasquet, número 15 do mundo, por 6-3, 6-0 e 6-1 em pouco mais de duas horas de partida, dando vantagem à Espanha, que busca seu terceiro título na Copa Davis em quatro anos.

O segundo ponto espanhol foi marcado por Ferrer, quinto colocado do ranking, que derrotou Gilles Simon por 6-1, 6-4 e 6-1.

No sábado, acontecem os jogos de duplas. Argentina e Espanha estão a uma vitória de fechar os confrontos e se garantirem na final.

(Reportagem de Zoran Milosavljevic em Belgrado e Iain Rogers em Madri)