22 de Setembro de 2011 / às 15:13 / 6 anos atrás

Perto do título, Vettel diz que sua meta é "otimizar desempenho"

Sebastian Vettel, da Red Bull, em coletiva de imprensa no Grande Prêmio de Cingapura. Vettel pode conquistar seu segundo título seguido da Fórmula Um neste domingo, mas o piloto diz que não tem pressa em conseguir isso e está tratando a corrida em Cingapura como qualquer outra. 22/09/2011 REUTERS/David Loh

Por John O‘Brien

CINGAPURA (Reuters) - Sebastian Vettel pode conquistar seu segundo título seguido da Fórmula Um neste domingo, mas o piloto da Red Bull diz que não tem pressa em conseguir isso e está tratando a corrida em Cingapura como qualquer outra.

“(O título) não é o objetivo para este final de semana, o objetivo é otimizar nosso desempenho e então eu terei uma boa surpresa ou não”, disse Vettel a repórteres nesta quinta-feira.

O alemão, de 24 anos, que busca a nona vitória na temporada, lidera a classificação por 112 pontos, com seis corridas remanescentes.

Se ele conseguir ampliar essa vantagem em 13 pontos nas ruas da cidade-estado do sudeste asiático, vai se tornar o mais jovem bicampeão mundial do esporte.

“Geralmente, nosso objetivo na temporada é defender nosso título. Estamos em uma posição muito boa, então não há motivo para mudar o objetivo. Realmente não importa quando, importa apenas que isso aconteça”, disse Vettel.

”Até agora não vencemos nada. Estamos em uma boa posição, mas há ainda algum caminho a percorrer. Vamos lidar com isso como uma corrida normal e tentar alcançar o melhor resultado.

“Acho que é uma corrida muito boa, uma das melhores que teremos na temporada. É uma corrida noturna, então estou ansioso por ela”, disse.

“O circuito é um dos mais duros para os pilotos e você precisa manter o foco... então deve ser uma corrida boa. Será um longo final de semana e uma longa corrida... Em praticamente duas horas, é mais longa do que todas as outras corridas que tivemos durante a temporada.”

Vettel, que arrebatou o título de 2010 com uma vitória na disputa final da temporada, em Abu Dhabi, terminou no ano passado em segundo lugar, atrás de Fernando Alonso, da Ferrari, no circuito de Marina Bay de Cingapura, e prevê que a equipe italiana será um dos principais desafios para a Red Bull no domingo.

“A Ferrari sempre parece competitiva aqui e eu acho que estávamos na mesma categoria na temporada passada, mas não consegui passar na pista. Espero que seja diferente desta vez, mas vamos ver”, disse.

“É difícil prever quem será o mais competitivo, mas eu acho que vamos disputar contra a McLaren e a Ferrari, enquanto a Mercedes também pode ter uma boa chance aqui. É um circuito em que o carro é importante, mas acho que o piloto pode fazer a diferença.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below