Para Alonso, Ferrari já precisa pensar em 2012

sexta-feira, 23 de setembro de 2011 08:56 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - A Ferrari precisa chegar a 2012 tinindo para evitar que a Fórmula 1 caia na monotonia por conta da hegemonia da rival Red Bull e do seu piloto Sebastian Vettel, na opinião do espanhol Fernando Alonso.

Vettel pode conquistar o Mundial de Pilotos já no domingo, em Cingapura, a cinco provas do final da temporada. Nesse caso, tomaria de Alonso o recorde de mais jovem bicampeão da história.

"Infelizmente, este ano praticamente já era, o campeonato estará nas mãos da Red Bull", disse Alongo a jornalistas em uma festa da Ferrari em Cingapura. "Precisamos focar no ano que vem, precisamos ser competitivos a partir da primeira corrida de 2012."

"Este ano provavelmente foi fácil demais para ele (Vettel) (...), então espero que o ano que vem tenha muito mais competição."

Alonso ocupa o segundo lugar na classificação, com 284 pontos - 172 atrás do líder. Depois da corrida de domingo, bastará ao alemão ter uma margem de 125 pontos para não poder mais ser alcançado.

"Acho que todo mundo quer ver o campeonato terminar na última prova, que foi o caso nos últimos anos", disse o outro piloto ferrarista, Felipe Massa. "Mas eles têm um ótimo carro e Seb (Vettel) fez um ótimo trabalho. Claro que não é legal para nós ou para o público ver isso, mas ele fez um bom trabalho também."

"Espero que tenhamos um bom carro no ano que vem para podermos brigar com eles, brigar pelo campeonato e ganhá-lo", acrescentou o brasileiro.

(Reportagem de Alex Borthwick)