25 de Setembro de 2011 / às 16:52 / em 6 anos

Após nova batida em Cingapura, Massa explode contra Hamilton

O piloto de Fórmula 1 Felipe Massa chega ao Grande Prêmio do Cingapura. Massa ficou furioso depois que Lewis Hamilton colidiu com sua Ferrari. 25/09/2011David Loh

Cingapura (Reuters) - Uma briga entre os pilotos de Fórmula 1 Lewis Hamilton e Felipe Massa esquentou novamente quando a dupla se chocou novamente sob os holofotes da Cingapura.

Massa, já furioso pelo incidente no classificatório, ficou ainda mais depois que a Mclaren do britânico colidiu com sua Ferrari enquanto tentava ultrapassar.

Hamilton recebeu punição "drive-through" por causar a batida, mas terminou em quinto enquanto o brasileiro, que teve de voltar aos boxes para trocar o pneu furado, foi o nono.

Enquanto um impassível Hamilton caminhava de volta aos repórteres e câmeras de TV sem dizer uma palavra, Massa foi mais direto.

Apenas 24 horas depois de acusar o britânico de "não usar a cabeça" no treino, Massa voltou à velha queixa.

"Eu disse a vocês ontem que ele não usa a cabeça... se isso não acontece nem no treino, então você pode imaginar na corrida", disse o brasileiro.

"No classificatório ele tentou dar uma de Super-Homem fazendo a volta por fora, você sabe? E hoje ele tenta fazer o mesmo na corrida."

Suor escorrendo no rosto no calor de Cingapura, Massa continuou: "Ele poderia ter causado um grande acidente. Ele tocou minha roda a 300 quilômetros, e ele furou meus pneus, então ele destruiu minha corrida."

"(Ele pagou) por isso porque teve uma punição por drive-through, (mas) este é o problema. Ele não compreende mesmo pagando por um problema," disse Massa.

"É importante que a FIA (órgão dirigente) veja, e penalize-o toda vez que ele pegar o carro, porque ele não está pensando nisso."

Massa pareceu exasperado quando perguntado se poderia falar com Hamilton sobre a situação.

"Eu tentei. Mas ele não me ouve... Ele não ouve nem o pai dele, imagine eu."

Hamilton, que repetidamente tem defendido seu estilo agressivo enquanto faz visitas regulares aos fiscais, e Massa andam às turras desde o GP de Mônaco em maio.

Os dois colidiram naquela corrida, com Massa deixando a corrida.

O brasileiro, que perdeu por um ponto para Hamilton o campeonato de 2008 vencido pelo piloto da McLaren, chamou a FIA depois para dar uma lição ao britânico "ou ele não vai aprender."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below