Atrasos em obras da Copa 2014 causam estouros no orçamento

quarta-feira, 28 de setembro de 2011 19:26 BRT
 

Por Stuart Grudgings

RIO DE JANEIRO (Reuters) - É um projeto que deveria simbolizar os benefícios transformadores de sediar a Copa do Mundo de 2014 -- um novo e elegante monotrilho passeando sobre Manaus, em plena selva amazônica.

Mas Athayde Ribeiro da Costa tem uma opinião diferente a respeito.

A pouco menos de mil dias do pontapé inaugural do torneio no Brasil, o procurador-geral de Justiça do Amazonas considera o monotrilho como parte de uma tendência de desperdício e mau planejamento, num momento em que o país se apressa para compensar o início lento dos preparativos.

"Estamos muito preocupados com os excessos de gastos", disse ele. "Somos a favor da Copa. Ela pode trazer muitas oportunidades para as pessoas e ajudar a resolver gargalos de infraestrutura, mas isso não pode ser feito com mau uso das verbas públicas ou corrupção."

Há crescentes preocupações de que a aceleração dos preparativos para a Copa irá alimentar a corrupção e gerar uma explosão nos gastos, que ficariam muito acima de outros megaeventos.

A África do Sul, por exemplo, gastou cerca de 4 bilhões de dólares para organizar a Copa de 2010. A estimativa oficial brasileira está em cerca de 13 bilhões de dólares, incluindo projetos nas áreas de transportes, construção de estádios e ampliações de aeroportos. Nesse ritmo, será a Copa mais cara da história.

Em março, a presidente Dilma Rousseff estimou que seriam gastos 33 bilhões de reais (18 bilhões de dólares) em investimentos, e algumas estimativas privadas já são bem superiores a esse valor, colocando a conta total em até 60 bilhões de dólares.

Processos judiciais também estão proliferando, conforme promotores como Costa investigam gastos excessivos e abusos durante processos de licitação. Costa comanda um grupo de 12 promotores que examina questões relacionadas ao evento -- um em cada cidade-sede --, e diz que há mais de 80 investigações em andamento no país inteiro.   Continuação...