Com gol de Neymar, Brasil vence Costa Rica apertado por 1x0

sábado, 8 de outubro de 2011 11:52 BRT
 

SAN JOSÉ, Costa Rica (Reuters) - Neymar salvou a seleção brasileira em um amistoso mais complicado do que o Brasil esperava e marcou o único gol da vitória por 1 x 0 na sexta-feira, mais uma vez confirmando sua condição de principal aposta do país na preparação para a Copa do Mundo de 2014.

O atacante do Santos, de 19 anos, marcou seu oitavo gol em 14 jogos pela seleção aproveitando cruzamento da direita de Daniel Alves, aos 14 minutos do segundo tempo.

A Costa Rica, que terminou a partida com 10 homens em campo, era superior em campo no momento em que o Brasil abriu o marcador e então passou a pressionar, após um primeiro tempo praticamente sem qualquer ação de ambas as partes.

Além do gol, Neymar foi responsável pela melhor chance brasileira de ampliar a vantagem, ao acertar o travessão com um chute colocado de fora da área aos 26 minutos do segundo tempo, pouco antes de ser substituído por Hulk.

"Foi um jogo muito difícil, a Costa Rica não é um time bobo, mas a seleção brasileira conseguiu lidar com a pressão e conquistar a vitória", disse Neymar a repórteres de TV após a partida no estádio Nacional da capital costarriquenha.

O lateral da Costa Rica Heiner Mora recebeu um cartão vermelho direto a seis minutos do final da partida após um carrinho violento no atacante Jonas, que entrou an etapa final.

O Brasil, que mais uma vez teve Ronaldinho Gaúcho como capitão, jogou com algumas caras novas no time titular, como os volantes Luiz Gustavo e Ralf e o lateral Adriano, enquanto os titulares Lucas Leiva e Marcelo foram poupados pelo técnico Mano Menezes.

O jovem do Manchester United Fabio fez sua estreia pela equipe logo em sua primeira convocação, jogando na lateral-direita, mas deixou o campo no começo do segundo tempo com uma lesão e foi substituído pelo normalmente titular Daniel Alves.

Na terça-feira o Brasil enfrentará o México, também fora de casa, em outro amistoso, enquanto o restante da América do Sul disputa as eliminatórias para o próximo Mundial.

(Texto de Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

 
Neymar (foto) salvou a seleção brasileira em um amistoso mais complicado do que o Brasil esperava e marcou o único gol da vitória.
 REUTERS/Juan Carlos Ulate