Recordista aos 42 anos, Hugo Hoyama projeta o Pan de 2015

segunda-feira, 17 de outubro de 2011 21:16 BRST
 

(Reuters) - Após conquistar sua 10a medalha de ouro em Jogos Pan-Americanos, Hugo Hoyama, de 42 anos, evitou falar em aposentadoria e garantiu que se estiver bem fisicamente, disputará o Pan de 2015.

O mesatenista ganhou nesta segunda-feira o ouro por equipes em Guadalajara, ampliando seu recorde de brasileiro com mais medalhas douradas em Pans.

"Além do décimo ouro, realizei um sonho aqui, que foi o de carregar a bandeira brasileira na cerimônia de abertura do Pan. Se aparecer alguém melhor do que eu, entrego a raquete na boa. Mas, enquanto eu estiver bem fisicamente continuarei treinando para 2015", disse Hoyama, de acordo com o site do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

O mesatenista trava uma disputa com o nadador Thiago Pereira, que tem oito ouros e ainda pode conquistar mais neste Pan. Mas garante não estar preocupado com o recorde.

"Já falei com o Thiago diversas vezes aqui em Guadalajara e estou torcendo para que ele consiga conquistar o maior número de medalhas possíveis", declarou.

Descontraído, o atleta contou que, assim como no Pan do Rio, em 2007, usou uma cueca do Palmeiras, seu time do coração, na final contra a equipe da Argentina. O Brasil, representado também por Gustavo Tsuboi e Thiago Monteiro, derrotou os argentinos na final por 3 a 1.

Hoyama totaliza agora 15 medalhas em Pans, com uma de prata e quatro de bronze, além das 10 de ouro. Sua primeira medalha foi conquistada nos Jogos de 1987, em Indianápolis, e ele voltou ao pódio em 1991, 1995, 2003, 2007 e agora em Guadalajara.

 
O mesatenista Hugo Hoyama comemora sua 10a medalha de ouro em Pan, conquistada nesta segunda-feira, em Guadalajara. REUTERS/Mariana Bazo