Angélica leva prata na ginástica e termina Pan com 4 medalhas

terça-feira, 18 de outubro de 2011 21:37 BRST
 

(Reuters) - Angélica Kvieczynsk conquistou nesta terça-feira a medalha de prata na prova da maça da ginástica rítmica e encerrou os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com o recorde de quatro medalhas em cinco provas disputadas.

A atleta paranaense já havia entrado para a história da ginástica brasileira na véspera, com suas três medalhas de bronze no México -- até então, nunca uma atleta do país neste esporte havia conquistado tantos pódios numa única edição de Pan.

Na prova da maça, Angélica marcou 25.150 pontos, atrás da mexicana Cynthia Valdez, que conseguiu 25.775 pontos. A canadense Mariam Chamilova completou o pódio, com 24.525 pontos.

"Nunca pensei que faria todos esses resultados no Pan. Todos esses dias foram incríveis. A medalha de prata valeu muito. Mas todas elas são muito especiais por tudo que passei", afirmou a ginasta, de acordo com o site do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

No ano passado, Angélica foi submetida a uma cirurgia no joelho direito e sua participação no Pan chegou a ser dúvida.

Com ascendência europeia, que mistura antepassados da Rússia, Polônia, França e Itália, ela comparou a ginástica brasileira com grandes potências mundiais, como a Rússia.

"Perto delas, ainda somos bebês. Mas estamos trabalhando muito para nos aperfeiçoar cada vez mais", disse ela.

Aos 20 anos, Angélica é pentacampeã brasileira e havia ficado em 6o lugar no Pan do Rio de Janeiro, em 2007.