Orlando Silva permanece no ministério após conversa com Dilma

sexta-feira, 21 de outubro de 2011 21:11 BRST
 

BRASÍLIA, 21 de outubro (Reuters) - O ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou nesta sexta-feira que recebeu recomendação da presidente Dilma Rousseff para que continue seu trabalho na pasta após conversa na noite desta sexta-feira.

O ministro, alvo de acusações de desvio de recursos no ministério, disse que explicou à presidente as denúncias que sofre, as quais chamou de "mentiras".

"Desmascarei diante da presidente todas as mentiras que foram perpetradas contra mim", disse Silva a jornalistas após se reunir com a presidente.

Questionado se permaneceria no posto, o ministro disse que "não entendia" a pergunta, já que Dilma teria lhe recomendado que continuasse seu trabalho na pasta.

"Ela (Dilma) sugeriu muita serenidade e paciência e reafirmou sua confiança no nosso trabalho", disse.

Silva é alvo de denúncias do policial militar João Dias Ferreira, de que comandaria um esquema de desvio de recursos no ministério, por meio de convênios com organizações não-governamentais no programa Segundo Tempo.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Jeferson Ribeiro)