Felipe Massa faz melhor volta na estreia do circuito da Índia

sexta-feira, 28 de outubro de 2011 12:16 BRST
 

Por Alan Baldwin

NOIDA, Índia (Reuters) - O piloto brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, foi o mais rápido nesta sexta-feira, quando a equipe mais antiga da Fórmula 1 impôs o ritmo para o novo circuito do esporte durante o treino para o Grande Prêmio inaugural da Índia.

A manhã foi marcado pelo orgulho indiano e a perda de três posições pelo britânico Lewis Hamilton no grid de largada, como penalidade por ignorar as bandeiras de alerta após fazer a volta mais rápida.

A volta de Massa foi a mais rápida, no calor e na poeira da recém-concluído circuito Buddh International, construído por aproximadamente 450 milhões de dólares e localizado próximo de Nova Délhi. O brasileiro fez o tempo de 1 minuto 25,706 segundos.

O bicampeão mundial Sebastian Vettel ficou em segundo lugar durante as duas sessões em um dia de enorme significado para o esporte indiano, mas com pouca importância em um campeonato cujos títulos já foram vencidos pelo alemão e sua equipe, a Red Bull.

Fernando Alonso aumentou o potencial da Ferrari com a terceira volta mais rápida na segunda sessão, depois de sofrer com um motor danificado durante a manhã.

Hamilton fez a melhor volta da primeira sessão, com 1 minuto e 26,836 segundos, bem no final, impedindo que Vettel e o australiano Mark Webber, da Red Bull, conseguissem os primeiros dois lugares. No entanto, o britânico foi prejudicado ao receber a sexta penalidade da temporada.

Os organizadores determinaram que Hamilton, campeão de 2008, e o mexicano, Sergio Pérez, da Sauber, haviam ignorado os sinais de duas bandeiras amarelas alertando que um carro estava sendo retirado por trabalhadores próximo à pista.

A penalidade significa que Hamilton não poderá começar no pole position por uma segunda corrida sucessiva.

(Reportagem de Alan Baldwin)