F1 coloca jovens para guiar em testes

terça-feira, 15 de novembro de 2011 18:10 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A Fórmula 1 voltou na terça-feira seus olhos para os novatos - e para um piloto mais velho - nos testes das equipes para 2012 na Yas Marina, em Abu Dhabi.

O francês Jean-Eric Vergne, de 21 anos, que na sexta-feira havia participado de um treino livre no mesmo circuito, pela Toro Rosso, desta vez experimentou a Red Bull de Sebastian Vettel, e fez o melhor tempo extraoficial do dia, 1min40s011.

O segundo melhor (1min40s960) foi o também francês Jules Bianchi, que deu 85 voltas no primeiro de três dias de testes com a Ferrari. Em seguiram vieram o canadense Robert Wickens, que disputou o treino de sexta-feira com a Virgin, e desta vez guiou uma Renault, e o suíço Fabio Leimer, pela Sauber.

O objetivo dos treinos é permitir que pilotos jovens tenham contato com a categoria máxima do automobilismo, e que as equipes avaliem o desenvolvimento do seu próximo modelo e testem pneus.

Uma exceção entre os novatos foi o britânico Gary Paffett, de 30 anos - mais velho que grande parte dos pilotos da categoria. Ele fez o quinto melhor tempo, pela McLaren.

Também participaram dos testes: Oliver Turvery (McLaren, Grã-Bretanha), Max Chilton (Force India, Grã-Bretanha), Valtteri Bottas (Williams, Finlândia), Charles Pic (Virgin/Marussia; França), Dani Clos (HRT, Espanha), Adrian Quaire-Hobbs (Virgin, Grã-Bretanha), Stefano Coletti (Toro Rosso, Mônaco) e Rodolfo González (Team Lotus, Venezuela).

(Reporting by Alan Baldwin)