Árbitro alemão se encontra 'estável' após tentativa de suicídio

sábado, 19 de novembro de 2011 17:12 BRST
 

Por Karolos Grohmann

BERLIM (Reuters) - O árbitro alemão Babak Rafati tentou se suicidar antes de apitar a partida deste sábado entre o Colônia e o Mainz pelo Campeonato Alemão, mas se encontra em condição estável, informaram a polícia e a associação alemã de futebol.

O juiz de 41 anos não compareceu à competição, que teve de ser adiada, e a polícia de Hanover, sua cidade natal, confirmou que Rafati tentou se matar em seu quarto de hotel em Colônia.

"Rafati se encontra estável," disse Theo Zwanziger, presidente da associação, aos repórteres no estádio da cidade.

Zwanziger descreveu como Rafati foi encontrado depois que sua ausência no estádio foi notada.

"Disseram-me o que encontraram, mas gostaria que poupassem de dar detalhes. Ele estava na banheira - e se após estas horas o prognóstico é de que está fora de perigo, então se deve agradecer a eles (os árbitros assistentes) por isso."

"Acho que a notícia mais importante é que, no tocante à sua saúde, Babak Rafati se encontra estável. Obviamente ficará (na UTI) nos próximos dias e precisará de tratamento intensivo."

Mais cedo o Colônia havia dito que o jogo foi cancelado por não terem conseguido encontrar outro juiz como substituto.

O porta-voz de polícia do Colônia, Carsten Moellers, disse que policiais foram ao hotel onde o juiz está hospedado antes do jogo, que deveria ter início às 12h30 (horário de Brasília)

Rafati, um bancário de ascendência iraniana, é árbitro da associação alemã de futebol desde 1997 e estreou na primeira divisão da liga alemã em 2005 arbitrando justamente uma partida entre o Colônia e o Mainz.