Murray pode abandonar ATP World Tour Finals

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 17:12 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O tenista britânico Andy Murray pode abandonar o torneio ATP World Tour Finals depois de apenas uma partida por causa de uma lesão na virilha, após a derrota na estreia para o espanhol David Ferrer nesta segunda-feira.

O número três do mundo sofreu sua primeira derrota para Ferrer em uma superfície que não o saibro, perdendo por 6-4 e 7-5 na O2 Arena, em Londres, no jogo de abertura do Grupo A.

O tenista da casa, de 24 anos, precisou receber atendimento médico em quadra depois de perder o primeiro set, e pareceu bastante desanimado quando perguntado sobre suas chances de continuar na competição que encerra a temporada.

"Sim, quero dizer, tive um problema com a minha virilha. Eu tenho que ver como vai ficar para amanhã", disse Murray, que chegou em grande forma ao ATP World Tour Finals depois de uma sequencia de 17 vitórias que incluiu três títulos consecutivos na Ásia.

"Vou decidir amanhã se eu continuo jogando ou não. Se não fosse Grand Slam ou este evento, eu não teria jogado".

Depois de perder em sets diretos para Ferrer, Murray provavelmente teria de bater o número um do mundo, Novak Djokovic, e o tcheco Tomas Berdych para chegar às semifinais, embora o formato do torneio signifique que ele pode progredir apenas com uma vitória.

Se ele não se recuperar a tempo para o segundo jogo, seja contra Djokovic ou Berdych na quarta-feira, Janko Tipsarevic, da Sérvia, o substituiria como primeiro suplente.

"Eu não sabia exatamente como ia me sentir em quadra hoje. Eu não consegui treinar muito nesta semana", disse Murray, que sentiu a lesão justamente num treino.

"Eu me senti normal, especialmente no segundo set. Posso decidir até um minuto antes da partida na quarta-feira se eu quero (abandonar). Então, vou ver como me sinto hoje e amanhã e decidir".

(Reportagem de Martyn Herman)