Kubica vai perder início da temporada 2012 da Fórmula 1

quarta-feira, 23 de novembro de 2011 09:07 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O piloto da Renault Robert Kubica vai perder o início da temporada 2012 da Fórmula 1, após ter reconhecido que não terá recuperado totalmente sua forma física depois do acidente quase fatal sofrido em fevereiro.

O polonês de 26 anos passou toda a temporada de 2011 longe das pistas, após ter passado dois meses internado recuperando-se dos ferimentos sofridos durante uma prova de rali na Itália. Ele sofreu fraturas no braço, perna e mãos e perdeu muita quantidade de sangue, sendo submetido a várias operações desde a batida.

Apesar de ter realizado um severo programa de recuperação física, Kubica duvida que estará em forma para o início da temporada 2012, em março.

"Mesmo eu tendo trabalhado muito, muito duro durante as últimas semanas, cheguei à conclusão que ainda não estou certo de que estarei pronto para a temporada 2012", disse Kubica em comunicado.

"Essa foi uma decisão difícil de se tomar, mas é a mais razoável. Minha recuperação é muito animadora e meus médicos continuam impressionados. Eu só preciso de mais tempo, uma vez que quero estar 100 por cento preparado antes de me comprometer a guiar novamente."

O chefe da Renault, Eric Boullier, apoiou a decisão de Kubica.

"Todo mundo na equipe esta bastante triste hoje. Robert não correr na Austrália no início da próxima temporada não é o que todos nós esperávamos", disse.

"No entanto, ele tomou uma decisão muito madura, agindo pelos interesses da Lotus Renault. Como uma equipe e uma família, nós continuamos 100 por cento ao lado dele e vamos ajudá-lo o máximo que pudermos."

O alemão Nick Heidfeld ocupou a vaga de Kubica nas 11 primeiras corridas da temporada, sendo substituído depois pelo brasileiro Bruno Senna para as últimas oito etapas do campeonato, incluindo o Grande Prêmio do Brasil, neste fim de semana, em Interlagos.